Embarque de carne suína do Brasil crescerá pouco em 2013

Apesar do pequeno crescimento em volume, as previsões são de que a receita deverá aumentar mais

São Paulo - As exportações de carne suína do Brasil terão pequeno crescimento em volume em 2013, mas a receita deverá aumentar mais, com vendas para mercados que pagam melhores preços, afirmou a associação do setor nesta quinta-feira.

"A tonelagem (de carne suína exportada) aumenta pouco. A receita deve crescer mais pela melhora dos mercados", disse Pedro de Camargo Neto, presidente da Associação da Indústria Produtora e Exportadora de Carne Suína (Abipecs), em entrevista a jornalistas nesta quinta-feira.

Segundo ele, a expectativa é que ocorra uma transferência do volume exportado para o Japão e a Rússia, que pagam mais, ante a Ucrânia e Hong Kong.

A Abipecs espera que o Brasil feche 2012 com embarques de 580 mil toneladas de carne suína, ante 516 mil toneladas em 2011.

A associação ainda prevê um aumento de 1 por cento na produção do país em 2013.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também