Contratação de planos de saúde cresce 2,5% em 2014 no Brasil

O crescimento do último trimestre, encerrado em dezembro, contra o terceiro trimestre, encerrado em setembro, foi de 0,9%

São Paulo - O Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS) anunciou o aumento de 2,5% na contratação de planos de saúde médico-hospitalares em 2014 frente ao ano anterior.

O acréscimo em 12 meses foi de 1,26 milhão de beneficiários, totalizando 50,84 milhões.

O crescimento do último trimestre, encerrado em dezembro, contra o terceiro trimestre, encerrado em setembro, foi de 0,9%.

"Notamos que a baixa atividade econômica atingiu o mercado de saúde suplementar, que mostra sinais de perda de ritmo de crescimento", afirmou o superintendente-executivo do IESS, Luiz Augusto Carneiro, em nota.

"No entanto, não resta dúvida de que o crescimento de 2,5% deve ser celebrado já que o PIB de 2014 deve ter fechado próximo de 0%", analisa.

O maior porcentual de crescimento foi em planos odontológicos, de 5,6%, em 12 meses.

O segmento de planos coletivos empresariais registrou avanço de 3,3% em 12 meses, fechando o ano com 33,70 milhões de vínculos, ou 1,07 milhão de beneficiários adicionais.

Em seguida, a modalidade de planos coletivos por adesão cresceu 2,6% sobre 2013.

Nos planos individuais, o aumento foi de 0,9% em 2014. Os dados constarão do boletim Saúde Suplementar em Números, a ser publicado na próxima segunda-feira, dia 9.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.