Brasil discute possíveis parcerias com o Irã, diz MME

Endividada e afetada pelos efeitos de um escândalo de corrupção, a estatal Petrobras busca parcerias para concluir refinarias

São Paulo - A presidente Dilma Rousseff e um grupo de ministros, incluindo os de Minas e Energia, Eduardo Braga, e da Fazenda, Nelson Barbosa, discutiram nesta quinta-feira possíveis parcerias comerciais com o Irã, que recentemente chegou a um acordo nuclear com as principais potências do mundo que retirou sanções que pesavam sobre o país.

Segundo Braga, o governo brasileiro recebeu em novembro uma correspondência do Irã, "com interesse em desenvolver parcerias comerciais com o Brasil que envolvem produtos brasileiros", entre os quais, automóveis fabricados no país, segundo o ministro.

O Irã também é grande importador de produtos agropecuários do Brasil.

Também estão em pauta, segundo Braga, acordos na área de energia.

"Nós temos uma indústria de petróleo e viemos ao longo dos últimos meses inclusive tratando com iranianos a questão de refinarias no Brasil", disse Braga a jornalistas, sem dar detalhes sobre que tipo de acordo envolveria o setor de refino.

Endividada e afetada pelos efeitos de um escândalo de corrupção, a estatal Petrobras busca parcerias para concluir refinarias, como a do Comperj, cujas obras também estiveram envolvidas no esquema de pagamento de propina alvo da operação Lava Jato.

Além de Barbosa e Braga, participou também da reunião o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.