Casual

Tiffany & Co. lança relógio de mesa com estilo de carrinho de brinquedo

Novidade tem opção cravejada com 316 diamantes, edição exclusiva para o Japão; edição custa R$ 1,3 milhão no Brasil

Modelo de entrada custa a partir de 40 mil dólares e não virá para o país (Tiffany & Co./Divulgação)

Modelo de entrada custa a partir de 40 mil dólares e não virá para o país (Tiffany & Co./Divulgação)

GA

Gabriel Aguiar

Publicado em 13 de dezembro de 2022 às 18h25.

Última atualização em 13 de dezembro de 2022 às 19h01.

Esqueça os anéis e solitários da Tiffany & Co.: a mais recente novidade da joalheria nova-iorquina é a edição de relógios mecânicos inspirados nos troféus de corrida feitos à mão pela Maison – que ainda remetem à herança de especialistas em relojoaria suíça. Nem tão surpreendente é que, por aqui, será vendido sob encomenda por 1,3 milhão de reais, mais que suficiente para um carro de verdade.

VEJA TAMBÉM

Com estilo dos bólidos de competição da década de 1950, a linha Time for Speed é feita de alumínio no acabamento Tiffany Blue (tradicional tom azul patenteado que também está nas lojas da grife e é reconhecido pela Pantone). Também existem outras referências à própria joalheira, como o logotipo T&Co dianteira e o digito “5” como no endereço da loja principal na Quinta Avenida.

Tiffany & Co. Time for Speed Diamantes

Modelo mais exclusivo é cravejado de diamantes (Tiffany & Co./Divulgação)

Para quem preferir mais exclusividade, há uma opção cravejada com 316 diamantes brilhantes (com mais de 19 quilates no total), além de diamantes de 1 quilate em cada roda raiada de aço inoxidável. Mais que isso, a Tiffany & Co. criou uma edição especialmente para o Japão, que tem 192 diamantes redondos com mais de 9 quilates no total e detalhes exclusivos de pedras nas rodas.

E não dá para esquecer que esse é um relógio e, por isso mesmo, há uma abertura de aço inoxidável na lateral esquerda que exibe horas e minutos com mesmo estilo de carros que disputam nas pistas. Só não vá pensar que essa joia foi projetada para ficar intocada, porque os ajustes são definidos pelo próprio volante e, para dar movimento, é preciso movimentar o carrinho para trás.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Acompanhe tudo sobre:RelógiosTiffany

Mais de Casual

Wine power: o poder dos bares de vinho na educação sobre a bebida

Antonio Forjaz, da Sportingbet, mostra a rotina multiesportiva de um executivo

O Brasil é apaixonado por picapes, e o CEO da Ford América do Sul sabe o motivo

A melhor mesa de restaurante do Rio de Janeiro fica no Copacabana Palace

Mais na Exame