Os Melhores Carros 2022: veja o ranking da CASUAL Exame

Qual é o carro que você sonha em dirigir? Confira os melhores lançamentos dos últimos 12 meses, eleitos por quem mais entende do assunto
Audi A3, o mais desejado até R$300 mil (Rafael Gagliano/Divulgação)
Audi A3, o mais desejado até R$300 mil (Rafael Gagliano/Divulgação)
Por Ivan Padilla, Gabriel Aguiar

Publicado em 17/11/2022 às 06:00.

Última atualização em 17/11/2022 às 12:10.

Deixe de lado a motorização, o torque, a velocidade máxima. As informações técnicas você provavelmente já sabe. Para além dos dados de desempenho, porém, qual é o carro de seus sonhos? Com tantas opções hoje de mobilidade, o prazer ao volante faz cada vez mais diferença na escolha do consumidor.

Para elegermos os melhores lançamentos dos últimos 12 meses, contamos com a ajuda de um júri formado por especialistas, influenciadores e jornalistas de estilo de vida. São dez categorias principais de carros, divididos entre acima e abaixo de 300.000 reais (mais desejado, luxuoso, confiável, bonito e tecnológico), e cinco categorias de marca (mais esportiva, desejada, confiável, tecnológica e luxuosa). Confira aqui os resultados.

(Arte/Exame)


Carro mais desejado até R$300 mil

AUDI A3

O que faz um carro ser desejado? Para os mais racionais, é bem provável que os aspectos técnicos tenham mais peso na escolha — mas dificilmente o consumidor deixará de lado todas as emoções para a decisão. Por isso mesmo não surpreende que o modelo mais votado tenha sido justamente o Audi A3, que também foi escolhido como opção mais luxuosa da categoria até 300.000 reais. E, convenhamos, esse tipo de atributo está mais ligado às sensações e às subjetividades do que à ponta do lápis.

Talvez nem seja preciso dizer que as quatro argolas na grade dianteira também têm peso e servem como prova de que o A3 divide o mesmo DNA de modelos que custam (literalmente) milhões de ­re­ais, como R8, RS6 Avant e RS e-tron GT. Para fazer uma comparação com o mundo da moda, por exemplo, escolher esse Audi é como vestir uma camiseta básica da Gucci. Há opções mais baratas? Claro. Mas quem escolhe um hatch de luxo talvez nunca cogite uma marca “comum”.

Só não vá pensar que o Audi A3 é um mero capricho extravagante, porque não faltam detalhes que justifiquem a escolha, como os faróis com 15 conjuntos de LEDs capazes de operar individualmente e de maneira inteligente ou o sistema de som da grife dinamarquesa Bang & Olufsen, que também é fabricante de alguns dos equipamentos de áudio mais requintados e caros do mundo.


Carro mais desejado acima de R$300 mil

PORSCHE TAYCAN CROSS TURISMO (Porsche/Divulgação)

Quanto mais raro o objeto, mais desejado. Essa teoria vale para joias, obras de arte e... para carros. Prova disso é que a Porsche tem meses de fila de espera — e há modelos que nem sequer aceitam novas encomendas —, mas as vendas não pararam de bater recordes nos últimos anos. Esse frisson rendeu até a liderança entre as opções elétricas no mercado brasileiro com o ­Taycan (que, em 2021, custava mais de 1 milhão de reais na versão topo de linha). Foi dele que surgiu o Cross Turismo.

Para quem apostava na morte solitária das peruas no mercado brasileiro, a representante alemã é a prova de que certas receitas não envelhecem nunca. E isso também vale para os detalhes plásticos que garantem o visual aventureiro desse modelo, que até encarou uma expedição de 9.000 quilômetros entre Jericoacoara (CE) e Foz do Iguaçu (PR) durante a recente campanha de lançamento para o Brasil.

Não há nenhuma intenção de colocar o Taycan Cross Turismo na trilha? Tudo bem. É provável que os futuros proprietários desse Porsche nem imaginem tal situação. Mesmo assim, essa narrativa foi importante para posicionar o modelo no meio do caminho entre aqueles que preferem opções mais esportivas e os fãs de SUVs — abocanhando, é claro, uma fatia de ambas as categorias. Prova disso é ter conquistado a preferência dos jurados (duas vezes) diante de concorrentes de peso.


Marca mais desejada

PORSCHE (Porsche/Divulgação)

Já faz cinco anos que a Porsche cresce em ritmo acelerado no mercado brasileiro, com cerca de 20% de aumento nas vendas consecutivamente. E basta observar os vencedores em EXAME Casual para entender parte desse sucesso: a marca faturou quatro das 15 categorias possíveis, inclusive entre as mais desejadas pelos jurados. Pode até parecer coincidência, só que, na verdade, é o resultado de um complexo — e caro — plano de construção de imagem que está além dos próprios carros.

Praticamente intocada no espaço que existe entre as concorrentes alemãs (Audi, BMW e Mercedes-Benz) e as fabricantes de luxo, como Ferrari e Lamborghini, a Porsche tem desde um “acessível” Macan de 439.000 reais até superesportivos inspirados nas pistas de corrida que beiram os 2 milhões de reais. E, no meio disso tudo, ainda tem sedãs, peruas, SUVs, elétricos e modelos de competição.

Para garantir a exclusividade, mesmo com um portfólio cheio de opções, a marca exige uma declaração formal dos interessados antes de concretizar a compra. Também há forte apelo de personalização, e todas as combinação são feitas praticamente sob medida. Por fim, a própria marca adota estratégias de marketing direcionadas a clientes em potencial — que, segundo eles, é qualquer pessoa com mais de 1 milhão de dólares em patrimônio líquido —, como eventos em pista para convidados.


Carro mais confiável acima de R$300 mil

Volvo XC40 Recharge Pure Electric dianteira SUV elétrico

VOLVO XC40 EV (Volvo/Divulgação)

Pouco tempo atrás, comprar um carro elétrico era praticamente um atestado de excentricidade. E não é que o futuro finalmente parece ter chegado? Prova disso é que o XC40 desbancou uma série de rivais (e preconceitos) para conquistar os jurados. Para quem estranhar a escolha, é só lembrar que esse modelo tem parte das revisões gratuitas, menor custo de propriedade e ainda é sustentável.


Carro mais tecnológico até R$300 mil

CAOA CHERY TIGGO 8 PRO (Divulgação/Divulgação)

Se você já assistiu a alguma propaganda da Caoa Chery, sabe que não faltam comparações a carros mais caros. É exatamente essa a fórmula de sucesso do Tiggo 8 Pro: entregar mais equipamentos e tecnologias ao menor custo possível. Tanto é que o SUV oferece sistema híbrido — com um motor a gasolina e dois elétricos — que pode ser recarregado na tomada e até tela digital de 24,6 polegadas.


Marca mais esportiva

Porsche Taycan Turbo S 2020

PORSCHE (Porsche/Divulgação)

Não dá para negar que a esportividade está na essência da Porsche: o primeiro carro da marca foi um cupê de motor traseiro que, até hoje, serve de referência — detalhes tradicionais, como a chave de ignição à esquerda e o conta-giros central, vêm desde o 356 de 1949. É verdade que os últimos anos trouxeram ousadias como SUVs e elétricos, mas sempre feitos para quem gosta de acelerar.


Carro mais luxuoso acima de R$300 mil

LAND ROVER RANGE ROVER (David Shepherd/Divulgação)

A rainha Elizabeth II tinha à disposição um raro Bentley criado especialmente para a família real britânica e, ainda assim, preferiu dirigir um Range Rover para visitar o Royal Windsor Horse Show 2021. E olha que, de lá para cá, o SUV mudou, com ainda mais atenção ao conforto, com poltrona executiva, sistema de massagem, cancelamento de ruído ativo e até auxílio para fechar as portas.


Carro mais tecnológico acima de R$300 mil

BMW IX

BMW iX (BMW/Divulgação)

O que dizer do carro que pode se consertar sozinho? Parece ficção científica, mas a grade do BMW iX consegue se recuperar de pequenos detalhes e riscos apenas com a temperatura ambiente. Só que algumas das principais novidades estão do lado de dentro, como teto de vidro que ofusca ao toque de um botão, GPS com realidade aumentada e inteligência artificial que aprende com o motorista.


Carro mais luxuoso até R$300 mil

Audi A3 Sportback

AUDI A3 (Audi/Divulgação)

Poucos modelos subiram tantos degraus na sofisticação quanto o Audi A3, que estreou no fim dos anos 1990 como opção aos modelos nacionais — com direito a produção por aqui — e depois serviu como porta de entrada para a marca na última década. Mas, desta vez, a missão é diferente: ser o carro para quem dá preferência a estilo e esportividade (ou só não aguenta mais SUVs pelas ruas).


Carro mais bonito até R$300 mil

KIA SPORTAGE (Divulgação/Divulgação)

Há quem diga que todos os carros parecem iguais. Mas nem tente aplicar essa mesma teoria ao novo Kia Sportage: os designers explicam que o desenho da dianteira foi pensado para provocar impacto no mercado — e deu certo. Bem ao estilo “ame ou odeie”, o SUV conquistou fãs apenas cinco meses depois de chegar às lojas brasileiras e se garantiu como lançamento mais bonito do ano.


Carro mais bonito acima de R$300 mil

PORSCHE TAYCAN CROSS TURISMO (Divulgação/Divulgação)

Para quem pensou que as peruas morreriam diante do sucesso dos SUVs, a Taycan Cross Turismo surge como pièce de résistance e deixa claro que ainda há fãs da categoria. E, se o desenho parece um tanto futurista, é porque esse modelo foi diretamente inspirado pelo conceito Mission E Cross Turismo — que, por sua vez, tratou de antecipar as tendências que seriam seguidas pela Porsche.


Carro mais confiável até R$300 mil

HONDA HR-V (Divulgação/Divulgação)

Dá até para dizer que a reputação precede o Honda HR-V, que chegou às lojas dois meses antes das votações para EXAME Casual e, mesmo assim, garantiu posição de destaque entre os jurados. Parte desse mérito se deve à boa impressão deixada pela geração anterior — e às expectativas que foram criadas durante o lançamento —, que sempre teve uma das menores desvalorizações da categoria.


Marca mais confiável

TOYOTA (Divulgação/Divulgação)

Não é de hoje que a Toyota tem fama de inquebrável: o programa Top Gear, da britânica BBC, pôs uma Hilux em situações nada convencionais, como ser jogada do topo de um guindaste, mergulhada no mar, ateada fogo, atingida com bolas de demolição e até implodida junto com um prédio — e, mesmo após toda essa sequência de testes, a picape continuou funcionando. Título merecido pela marca.


Marca mais tecnológica

BMW (Divulgação/Divulgação)

Aproveitando um meme que faz sucesso nas redes sociais, dá até para dizer que “a BMW caminhou para que os elétricos pudessem correr”. E faz sentido, já que a marca trouxe para nosso mercado o exótico i3 há oito anos, quando esse segmento parecia tão distante da realidade quanto uma nave espacial. Mas a escolha do júri não faz só referência ao passado (basta ver o reconhecimento do iX).


Marca mais luxuosa

MERCEDES-BENZ (Divulgação/Divulgação)

Não é nenhuma surpresa que a marca eternizada por Janis Joplin como crítica ao consumismo e ao luxo seja reconhecida até hoje como uma das principais referências do mercado. Mesmo porque a história da Mercedes-Benz vai bem além da música da década de 1970: também está representada na clássica limusine 600 Pullman e até nos “Papamóveis” dos últimos três chefes da Igreja Católica.  


Júri: Alex Ruffo (Jovem Pan), André Aloi (Bazaar), Antônio Meira Jr. (Correio/Salvador), Cássio Cortes (Auto+), Chico Barbosa, Clayton Sousa (Última Marcha/SBT Brasília), Fábio Trindade (Motor1), Gabriel Aguiar (EXAME), Gisele Vitória (Robb Report), Giulianna Iodice (Versatille), Helena Galante (Claudia), Ivan Padilla (EXAME), João Anacleto, Jorge Moraes (CBN/Recife), Karina Simões, Marcus Vinícius Gasques (Autoesporte), Milene Rios, Paula Braga (Automotive Business), Paulo Campo Grande (Quatro Rodas), Rafaela Borges, Rodrigo Ferreira (Webmotors), Silvana Holzmeister (L’Officiel), Susana Barbosa (Elle), Tião Oliveira (Estadão)

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.