Casual
Acompanhe:

São Paulo ganha livraria dedicada a publicações de arquitetura e urbanismo

Localizada no térreo do Edifício Eiffel, a loja passou por reforma total para resgate do projeto original de Oscar Niemeyer e Carlos Lemos

Interior da livraria Eiffel. (Divulgação/Divulgação)

Interior da livraria Eiffel. (Divulgação/Divulgação)

J
Julia Storch

7 de dezembro de 2022, 16h12

Amanhã (8), São Paulo ganha uma nova livraria especializada em urbanismo e arquitetura, a Eiffel. Com acervo constituído de livros nacionais e importados sobre arquitetura, urbanismo, design gráfico, desenho industrial, paisagismo. Além de lançamentos e obras em catálogo, terá livros raros e esgotados há anos.

Alguns exemplos de publicações raras estão o Brazil Builds, publicado pelo MoMA em 1943 e Obras Completas de Paulo Mendes da Rocha, escrito por Daniele Pisani e publicado pela GG em 2013 e esgotado.

Com 75 metros quadrados e localizada no térreo do Edifício Eiffel, um dos marcos da arquitetura do centro de São Paulo, a loja passou por reforma total para resgate do projeto original de Oscar Niemeyer e Carlos Lemos. O mezanino foi recuperado deixando um pé direito de quase 8 metros e uma parede inteira (oposta ao mezanino) projetada para exposições de artes visuais.

Localizado na Praça da República, a uma quadra da Rua General Jardim, região de muitos escritórios e escolas de arquitetura, o espaço também abrigará pequenos eventos como lançamentos, palestras e debates para até 50 pessoas.

"A região da República e Vila Buarque reúne vários escritórios de arquitetura, prédios projetados por grandes arquitetos, escolas de arquitetura, etc. No térreo do edifício do IAB, por exemplo, funcionou por muitos anos uma excelente livraria focada em arquitetura e urbanismo, que fechou há alguns anos", comenta Leo Wojdyslawski, fundador da livraria.

O Edifício Eiffel é um dos marcos da arquitetura do centro de São Paulo e foi projetado por Oscar Niemeyer e Carlos Lemos. Apesar de ser residencial, o prédio tem uma galeria de lojas nos corredores internos no térreo.

A escolha do ponto não foi mera coincidência. "Morei por 15 anos no Edifício Eiffel. Em 2022, percebi que uma das lojas do térreo estava vaga e surgiu a ideia de abrir uma livraria para arquitetos. O ponto era perfeito, porém a loja estava descaracterizada e o desenho original totalmente coberto. Uma reforma total foi realizada para resgate do desenho original de Oscar Niemeyer e Carlos Lemos", diz Wojdyslawski.

O catálogo contará com 2.500 títulos, sendo 500 deles sendo raros e garimpados pela própria livraria. O site com e-commerce começará a funcionar em meados de 2023. Até lá, será possível comprar por telefone ou e-mail.

Serviço:
Praça da República 183
De terça a domingo, das 11h às 20h
http://www.livrariaeiffel.com.br

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.