Acompanhe:

Saiba como o álcool impacta o organismo e como fazer boas escolhas para o Carnaval

Ao considerar um cenário no qual a pessoa opte por beber, algumas considerações podem amenizar os impactos no corpo, como diminuir a quantidade e se manter hidratado

Modo escuro

Continua após a publicidade
Os vinhos e o gim têm a tendência de não gerar picos glicêmicos, após o consumo, quando comparados com a cerveja, por exemplo. (Westend61/Getty Images)

Os vinhos e o gim têm a tendência de não gerar picos glicêmicos, após o consumo, quando comparados com a cerveja, por exemplo. (Westend61/Getty Images)

O Carnaval de 2023 carrega dois anos de festa represados pelas restrições impostas pela pandemia da Covid-19. Esse cenário preocupa especialmente a comunidade médica, uma vez que dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontam um aumento de 17% no consumo de álcool dos brasileiros desde o início do isolamento social, em 2020.

Segundo o médico nutrólogo e do esporte e cofundador da healthtech Liti, Eduardo Rauen, não há evidência científica que respalde o consumo de álcool e, portanto, o indicado é não beber.

Porém, ao considerar um cenário no qual a pessoa opte por ingerir bebida alcoólica, algumas considerações podem reduzir os impactos no organismo, como reduzir a quantidade e se manter hidratado.

O médico nutrólogo e do esporte explica que o índice glicêmico deve ser levado em consideração quando a pessoa for consumir bebida alcoólica. "O índice glicêmico é a capacidade que o alimento possui de aumentar o nível de glicose que circula no sangue. Isso ocorre depois da digestão de alimentos que contenham carboidrato em sua composição, ou seja, o carboidrato se transforma em glicose e automaticamente se converte em fonte de energia para o corpo”.

Quanto menor o aumento glicêmico, após o consumo da bebida alcoólica, menos danoso é para o organismo. Os vinhos e o gim têm a tendência de não gerar picos glicêmicos, após o consumo, quando comparados com a cerveja, por exemplo.

O impacto do álcool também sofre interferência do que é ingerido junto com ele. Entre os complementos, a tônica zero, os chás zero, as frutas vermelhas, o limão ou o maracujá, além de menos calóricos, podem amenizar o impacto glicêmico da bebida.

Consumo de álcool e ganho de peso

O consumo de bebida alcoólica influencia no ganho de peso. “Um grama de carboidrato tem quatro calorias, já um grama de álcool tem sete calorias. Além disso, o metabolismo do álcool dificulta a perda de gordura e o ganho de massa muscular”, afirma o cofundador da healthtech Liti.

Para quem está em uma jornada de emagrecimento, de ganho de massa muscular ou busca entender como seu corpo funciona e quais são as melhores escolhas para isso, o consumo de bebidas alcoólicas não é recomendado. “A melhor estratégia para manter os hábitos saudáveis é não beber álcool”, conclui Eduardo Rauen.

Algumas dicas para aproveitar o Carnaval:

  • Prefira água com gás e limão para os coquetéis, em vez de tônica ou sucos de frutas, caso seja possível
  • Caso você opte por ingerir bebida alcoólica, mantenha-se hidratado ao longo do dia.

Conheça a newsletter da EXAME Casual, uma seleção de conteúdos para você aproveitar seu tempo livre com qualidade.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
A estratégia da Jose Cuervo para que a tequila seja lembrada para além do shot
Casual

A estratégia da Jose Cuervo para que a tequila seja lembrada para além do shot

Há 5 horas

Accor: rede francesa planeja inaugurar 12 hotéis no Brasil até o fim do ano
Casual

Accor: rede francesa planeja inaugurar 12 hotéis no Brasil até o fim do ano

Há 19 horas

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana
Casual

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana

Há um dia

A dama das artes: Raquel Arnaud comemora 50 anos de galeria com restrospectiva
Casual

A dama das artes: Raquel Arnaud comemora 50 anos de galeria com restrospectiva

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais