Casual

Revolução do Churrasco: os rodízios de carne estão com os dias contados?

Churrascaria tradicional inova nos cortes e na forma de servir, reduz em 90% o desperdício e registra aumento no consumo de carne

O método tradicional: passadores de carnes  e espeto (Divulgação/Divulgação)

O método tradicional: passadores de carnes e espeto (Divulgação/Divulgação)

Paty Moraes Nobre

Paty Moraes Nobre

Publicado em 17 de setembro de 2020 às 19h00.

Última atualização em 29 de setembro de 2020 às 13h20.

O 21º episódio da série Revolução do Churrasco apresenta a história da churrascaria de rodízio, inventada por gaúchos que se mudaram do Rio Grande do Sul para o interior de São Paulo.

O tema especial celebra o Dia do Gaúcho, comemorado no próximo domingo, 20 de setembro, mesma data da Revolução Farroupilha.

Novo sistema aposta em cortes bovinos angus (Divulgação/Divulgação)

É o fim das churrascarias de rodízio?

O programa também confere a inovação que acontece no restaurante Cochilha do Sul, em Campinas, no interior de São Paulo.

Apesar de ser grafado errado por um problema no cartório, o nome do estabelecimento homenageia as coxilhas, elevações geográficas do relevo do Sul do Brasil.

O método mais conhecido está com os dias contados? (Divulgação/Divulgação)

Integrantes da terceira geração de proprietários da churrascaria da família gaúcha Ongaratto, Alexandre e a irmã, Simone, transformaram o restaurante após o início da pandemia de covid-19. No lugar dos passadores de carnes no espeto e do bufê de acompanhamentos, os empresários adotaram um novo sistema com direito a cortes bovinos nobres de animais da raça angus.

De acordo com Alexandre, no comando do negócio iniciado pelos pais, Basílio e Lorena, há 33 anos, a novidade reduziu em 90% o desperdício gerado no antigo modelo ao mesmo tempo que aumentou o consumo de carnes pelos clientes.

Como isso é possível? Confira a seguir.

Assista ao episódio:

De 0 a 10 quanto você recomendaria Exame para um amigo ou parente?

Clicando em um dos números acima e finalizando sua avaliação você nos ajudará a melhorar ainda mais.

E aí, curtiu? Então deixe seus comentários nas nossas redes sociais e compartilhe a série com os amigos. Até semana que vem!

 

 

 

Acompanhe tudo sobre:ChurrascariasChurrascoGastronomia

Mais de Casual

Dia dos Namorados: 26 restaurantes para comemorar a data em São Paulo

Maratona do Rio: recordes de inscritos e patrocinadores

Por que os iates feitos no Brasil são adorados no exterior? Dois modelos explicam o sucesso

Carros híbridos da BYD prometem rodar até 2 mil kms sem paradas

Mais na Exame