Herdou um Rolex do seu avô e que precisa de reparos?

Os relógios da Rolex são concebidos e fabricados para durar. Mas o que fazer se aquela peça com décadas de vida quebrar? Relojoaria suíça garante o reparo, mesmo se as peças tenham sido deixadas de fabricar

Ainda que os relógios Rolex sejam concebidos e fabricados para durar e serem transmitidos de geração em geração, é possível que ao longo das décadas as peças possam precisar de pequenos reparos. Por este motivo, Hans Wilsdorf, fundador da marca, estabeleceu uma rede ativa de oficinas de relojoaria com a missão de assegurar que todos os relógios passassem pela melhor forma de manutenção seguindo os padrões de excelência da Rolex. 

Com exclusividade à Casual EXAME, a Rolex abre pela primeira vez informações e imagens inéditas de seu serviço de pós-venda, que garante a perfeição duradoura dos relógios.

Quer aprender a investir para adquirir um Rolex? Saiba como com o Manual do Investidor

Herdou um relógio antigo que já está fora de linha? Sim, é possível repará-lo.

A fim de assegurar a longevidade dos relógios, a disponibilidade das peças e da mão de obra da Rolex é garantida por pelo menos 35 anos após a retirada do catálogo. Ao final desse período, e se os componentes não estiverem mais disponíveis, a oficina de restauração da marca é capaz de reproduzi-los de forma idêntica. 

Dependendo da antiguidade do relógio, sua manutenção é feita diretamente no estabelecimento de um distribuidor oficial, em uma subsidiária, ou na sede mundial da Rolex em Genebra.

Para garantir um treinamento de relojoeiro ainda melhor, em 2018, a marca inaugurou o seu Centro de Treinamento em Genebra. O centro na Suíça funciona como uma plataforma de intercâmbio para jovens aprendizes e funcionários da Rolex. 

Além disso, a marca oferece em suas subsidiárias o Rolex Watchmaking Training, um treinamento de um ano e meio ao fim do qual o relojoeiro está capacitado para realizar um serviço completo na maior parte dos mecanismos Oyster. 

Um dos serviços realizados na oficina é a manutenção do relógio, que pode ter um valor mínimo de 3.800 reais, podendo variar de acordo com o modelo e as condições de conservação da peça. 

O relojoeiro desmonta a pulseira de forma ater acesso ao fundo do relógio e poder abrir a caixa.

O relojoeiro desmonta a pulseira de forma ater acesso ao fundo do relógio e poder abrir a caixa. (Rolex/Denis Hayoun/Divulgação)

O serviço de manutenção completo, segue um processo de várias etapas que utiliza ferramentas e instrumentos específicos. O trabalho de restauro começa com a separação da pulseira da caixa. Cada um dos componentes é examinado a fim de determinar se ainda atende aos critérios da Rolex;  do contrário, serão substituídos. Todos os componentes são lavados em um banho ultrassônico, de modo a eliminar até a menor impureza, e depois são secos.

Em seguida, o relojoeiro remonta o calibre, e então regula a precisão do relógio uma primeira vez, antes de recolocar o mostrador e os ponteiros. A caixa e a pulseira recebem polimento, e depois são recolocados o vidro, a luneta e a carrura. Após, o relojoeiro reinstala o mecanismo dentro da caixa, e testa o relógio, processo que dura no mínimo 24 horas. 

Já os relógios históricos são restaurados exclusivamente em Genebra, na Oficina de Restauração, onde trabalham mestres relojoeiros especializados em itens de coleção.

Cada relógio que passa por manutenção em uma oficina do Serviço Mundial Rolex se beneficia de uma garantia de serviço internacional de dois anos, abrangendo as peças e a mão de obra.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.