Casual

Gabriel Medina se torna sócio de marca brasileira e lança tênis sustentável

O The Surfer começa a ser vendido a partir desta quinta-feira, 26, ao preço de R$ 649,99

Gabriel Medina: seu primeiro tênis na Undo for Tomorrow (Divulgação/Divulgação)

Gabriel Medina: seu primeiro tênis na Undo for Tomorrow (Divulgação/Divulgação)

Gilson Garrett Jr.
Gilson Garrett Jr.

Repórter de Casual

Publicado em 26 de outubro de 2023 às 17h56.

Última atualização em 27 de outubro de 2023 às 10h30.

No mundo da moda, é comum que grandes personalidades e celebridades emprestem sua imagem para o lançamento e criação de produtos. Mas na vida profissional do surfista três vezes campeão do mundo Gabriel Medina nada é dentro do comum. A começar pelos grandes feitos no esporte, se tornando um dos maiores surfistas de todos os tempos.

Nos negócios, Medina seguiu a mesma linha. Não quis apenas emprestar sua imagem para se associar a um produto, ele investiu na marca brasileira Undo for Tomorrow para criar uma linha de tênis. A marca tem o comando de Patrick Dohmann, sócio-fundador e CEO, além de Felipe Siqueira, da The Growth Brands, que investe em marcas nativas digitais, que pensam em produtos para o futuro do consumo.

O atleta não revela valores, mas conta que ficou impressionado com a qualidade dos produtos da marca, que desenvolve calçados com a pegada sustentável. "Nesse momento ficou claro que estávamos diante de um produto diferenciado e com um potencial enorme numa indústria gigantesca", diz Medina.

De fato, o potencial é bilionário. De acordo com a consultoria Euromonitor, o setor de sneakers deve gerar vendas globais de US$ 163,9 bilhões neste ano, um aumento de 3,6% , se comparado com o ano passado.

Patrick Dohmann conta que Medina não apenas investiu como também participou do processo de criação do The Surfer, que é lançado nesta quinta-feira, 26. O tênis tem venda online, e chega ao preço de R$ 649,99. Nos primeiros cinco dias de lançamento, os modelos terão uma edição limitada com a assinatura de Medina e um NFC, tecnologia que permite uma série de interações e experiências entre as pessoas que têm o tênis.

The Surfer, da Undo for Tomorrow. (Divulgação/Divulgação)

Sustentabilidade

Esse é o primeiro modelo da parceria com o surfista e tem um design inspirado nos anos 1980 e 1990, além de uma avançada tecnologia de amortecimento e performance. "A principal característica é o conforto. Ele também é sustentável porque escolhemos material de origem não animal. Encontramos uma fibra vegetal desenvolvida no Japão, de alta tecnologia. Fora este material, todo o processo de fabricação é 100% no Brasil", explica Dohmann.

De acordo com o empresário, 60% dos tênis da Undo for Tomorrow são vendidos para a Europa. Na avaliação dele, a grande dificuldade no mercado brasileiro é o consumidor ver valor em um produto sustentável. "Na Alemanha ou na Inglaterra não é preciso explicar o conceito. Na verdade eles não consomem se não for sustentável", diz.

Para o futuro, a ideia é criar outros modelos com Medina. O surfista participa do board da marca e também da criação do que virá pela frente. "Pretendo contribuir com a marca de diversas maneiras, acho que a primeira é poder usar a minha imagem e mídia para apresentar a Undo para o Brasil e mundo e alcançar o maior número de pessoas possível. Quero também participar ativamente no desenvolvimento dos produtos", afirma.

Acompanhe tudo sobre:Gabriel MedinaSurfeTênis (calçado)

Mais de Casual

'Anora', de Sean Baker recebe a Palma de Ouro em Cannes; veja a lista de vencedores

Vídeo de americana viraliza no TikTok e convida a passeio pelo Rio de Machado de Assis

Como é e quanto custa viajar de jato particular para 5 destinos entre os mais incríveis do mundo

Grande Prêmio do luxo: como Mônaco enriquece a imagem da Fórmula 1

Mais na Exame