Disney perde US$ 200 mi com "John Carter"

O filme que narra as aventuras de um herói da Terra em Marte custou 250 milhões de dólares, mas só arrecadou 184 milhões de dólares desde o lançamento

Los Angeles - A Walt Disney Co. anunciou nesta segunda-feira que terá um prejuízo de 200 milhões de dólares devido ao fracasso de bilheteria do filme "John Carter", que narra as aventuras de um herói da Terra em Marte.

"Diante da resposta que teve 'John Carter' nos cinemas, calculamos que o filme provocará um prejuízo operacional de cerca de 200 milhões de dólares no nosso segundo trimestre fiscal, que termina em 31 de março", informou a Disney.

"John Carter", lançado em 9 de março, arrecadou apenas 30,1 milhões de dólares em sua primeira semana na América do Norte, e somente 13,5 milhões no final de semana passado, segundo a Exhibitor Relations.

Mundialmente, o filme obteve 184 milhões de dólares desde o lançamento.

Os números são ruins para uma superprodução de 250 milhões de dólares, sem contar com o investimento em divulgação.

"Apenas o estúdio terá um prejuízo de entre 80 e 120 milhões no segundo trimestre", destaca a nota.

As aventuras do capitão John Carter são baseadas na série de Edgar Rice Burroughs - criador de Tarzan - escrita há um século.

É o primeiro filme não animado de Andrew Stanton, um veterano da Pixar com dois Oscar ("Procurando Nemo" e "Wall-E") e seu protagonista, Taylor Kitsh, é um ator canadense pouco conhecido.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.