Acompanhe:

O café, a segunda bebida mais apreciada no Brasil, é consumido por motivos variados como: hábito social e cultural, memória afetiva, pelos prazeres sensoriais, pelos estímulos que oferece, entre outros motivos.

Nesse sentido, pela sua enorme popularidade, há uma série de mitos que, eventualmente, deixam os amantes do café intrigados. Portanto, é fundamental explorar e esclarecer algumas afirmativas que envolvem o café, proporcionando uma compreensão dos impactos dele na saúde e no bem-estar.

Confira, abaixo, uma lista com nove crenças comuns sobre o fascinante e complexo mundo do café.

Tomar café em jejum faz mal?

Mito. O café é parte essencial das manhãs da maioria dos brasileiros. Afinal, muitas pessoas só se sentem verdadeiramente dispostas após tomarem a primeira xícara do dia. Logo, é comum consumirem a bebida de estômago vazio. No entanto, tem quem acredite que esse hábito pode causar azia, indigestão e desconforto estomacal. Mas, não há comprovação científica quanto a isso, com o único impacto sendo uma absorção mais rápida da cafeína. Lembrando que sempre é importante consumir cafés certificados e de qualidade.

Café auxilia na prática de exercícios?

Verdade. Aí vai uma boa notícia. A bebida diminui a percepção de esforço ao atuar no sistema nervoso central, bloqueando os receptores de adenosina. Além disso, evita a fadiga muscular ao estimular a produção de acetilcolina e dopamina. Outra vantagem do café, para aqueles que mantêm uma rotina de exercícios, é o aumento da disponibilidade de oxigênio para o tecido muscular. Dessa forma, o corpo utiliza a gordura como substrato energético, proporcionando melhora na performance.

Café sem açúcar é mais saudável?

Verdade. O café possui uma série de benefícios que podem perder a sua potência com a presença do açúcar. Por exemplo: a bebida sem açúcar contém menos de 5 calorias, mas, quando adoçado, pode chegar a mais de 30 calorias.

O café puro também pode ajudar na prevenção da diabetes, devido à presença de antioxidantes responsáveis por regular os níveis de glicose no sangue. No entanto, a presença do açúcar reduz essa propriedade, pois, ao ser consumido, ele estimula um ciclo que faz o corpo desejar mais da substância, desregulando a glicemia.

Café engorda?

Mito. A bebida possui poucas calorias. Uma xícara de café puro, sem açúcar ou adoçante, contém pouco menos de 5 calorias em 100 ml. Na verdade, ela pode até auxiliar na perda de peso, devido às suas propriedades termogênicas.

Café ajuda com a ressaca?

Verdade. Após consumir bebidas alcoólicas em grandes quantidades, é normal sentir um desconforto. Para mitigar os seus efeitos, uma xícara de café pode ajudar. A cafeína é um estimulante, e pode diminuir a sensação de sonolência e dor de cabeça ocasionadas pela intoxicação alcoólica (ressaca), principalmente se a bebida for adoçada, pois o açúcar é fonte de energia e ajuda o organismo a filtrar o álcool do sangue.

Café forte tem mais cafeína?

Mito. A intensidade da bebida não afeta a quantidade de composto presente, pois ela está ligada à espécie do café e ao modo de preparo.

Beber café pode afetar os dentes?

Verdade. Por conta da presença da cafeína, o café pode contribuir com o amarelamento dos dentes, assim como o chocolate e o vinho tinto. Mas, isso só ocorre se grandes quantidades forem ingeridas diariamente e, ainda, a longo prazo.

É possível evitar tal consequência com uma boa higiene pós consumo. Um simples bochecho com água já pode ajudar a atenuar esse impacto na dentição.

Café dá dor de cabeça?

Mito. A não ser que o consumo seja exagerado, o café não oferece riscos de cefaléia ou enxaqueca para o consumidor. Em quantidades moderadas, o café melhora o fluxo sanguíneo, relaxa os músculos, e, por dilatar os vasos sanguíneos da cabeça, pode aliviar as dores.

Café ajuda a prevenir uma série de doenças?

Verdade. A cada nova pesquisa, a ciência descobre mais benefícios do café. Ele pode ajudar na prevenção dos riscos de doenças como: câncer, Alzheimer, Mal de Parkinson, diabetes e ainda colabora com a saúde do coração. Uma xícara de café de qualidade só tem coisas boas a oferecer.

E aí, você acreditava em alguma dessas inverdades? Lembre-se: independentemente da preferência de paladar, sempre escolha cafés certificados, capazes de garantir qualidade, pureza e segurança do alimento. E, consulte um profissional de saúde caso tenha dúvidas.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Leques no Carnaval: saiba a origem e significados do acessório
Casual

Leques no Carnaval: saiba a origem e significados do acessório

Há 18 horas

Migaloo: conheça o iate submersível de R$ 10 bilhões
Casual

Migaloo: conheça o iate submersível de R$ 10 bilhões

Há 19 horas

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana
Casual

Os 5 melhores filmes e séries para maratonar no fim de semana

Há um dia

Mansões suspensas: as 10 coberturas mais altas do Brasil
Casual

Mansões suspensas: as 10 coberturas mais altas do Brasil

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais