Casual

3º Mundial do Queijo do Brasil: evento em São Paulo terá prêmios, feira e degustações

O evento acontece em São Paulo entre os dias 11 e 14 de abril e pretende oferecer uma programação para aproximar o público dos queijos nacionais e da cultura queijeira brasileira

Queijos da Capril do Lago, vencedor na 6ª edição do Mondial du Fromage et des Produits Laitiers, em Tours, na França. (Divulgação/Divulgação)

Queijos da Capril do Lago, vencedor na 6ª edição do Mondial du Fromage et des Produits Laitiers, em Tours, na França. (Divulgação/Divulgação)

Júlia Storch
Júlia Storch

Repórter de Casual

Publicado em 9 de abril de 2024 às 14h05.

Última atualização em 9 de abril de 2024 às 14h13.

Tudo sobreQueijos
Saiba mais

Após conquistar 82 prêmios na 6ª edição do Mondial du Fromage et des Produits Laitiers, em Tours, na França, queijeiros brasileiros apresentam seus produtos na 3ª edição do Mundial do Queijo do Brasil. O evento acontece em São Paulo entre os dias 11 e 14 de abril e pretende oferecer uma programação para aproximar o público dos queijos nacionais e da cultura queijeira brasileira.

O evento é promovido pela SerTãoBras, associação de produtores de queijos artesanais. O Mundial do Queijo é realizado a cada dois anos em parceria com a Guilde Internationale des Fromagers, uma das maiores associações de queijeiros do mundo, presente em mais de 40 países.

O evento será realizado mais uma vez no Teatro B32, e também na Praça da Baleia, na Faria Lima. “Estamos tirando leite de pedra, ou melhor, leite de baleia, rico em sólidos, para marcar território, mostrar o nosso potencial e dar água na boca de todo mundo”, diz Débora Pereira, presidente do Mundial do Queijo do Brasil e diretora-geral da SerTãoBras.

Durante o Mundial serão realizados três concursos nacionais (Melhor Queijeiro do Brasil, Melhor Queijista do Brasil e Melhor Fondue do Brasil) e um internacional, o Concurso de Queijos e Produtos Lácteos, sendo que este último deve receber 2 mil itens participantes, entre queijos, iogurtes, doces de leite e coalhadas.

Outra grande atração é a Feira de queijos, bebidas e alimentos artesanais, que acontece em frente ao teatro, com acesso gratuito.

Mais de 100 produtores vão vender seus produtos diretamente da fazenda e a estimativa é que por lá passem cerca de 50 mil pessoas nos quatro dias de evento.

“Depois da última edição, consultamos nossa base e todo mundo quis fazer a terceira edição de novo na Praça da Baleia, em São Paulo. Os produtores, que vieram de todo Brasil, venderam todos os seus queijos em 2022, fizeram muitos contatos e novos clientes, foi muito positivo”, explica Vanessa Alcolea, presidente do Club Brasil da Guilde Internationale des Fromagers e queijeira na Pardinho Artesanal.

Queijo minas artesanal: mais de 30 mil produtores em Minas Gerais (Eduardo Girão/Divulgação)

Degustação

Além das premiações e vendas de produtos haverá o Programa de Degustação na sexta-feira, 12, e no sábado, 13, com curadoria de Marina Cavechia, eleita melhor queijista do Brasil no concurso de 2022.

Nesta edição, haverá 24 degustações, cada uma com duração aproximada de 45 minutos, guiadas por profissionais, e com cinco a sete queijos.

O programa disponibiliza para o público a oportunidade de ver e provar, por exemplo, a produção de Muçarela Artesanal, queijos harmonizados com diferentes cafés e até mesmo entender melhor sobre como harmonizar chás com queijos.

A diversidade da produção queijeira brasileira também ganhará destaque durante as degustações. No dia 12, por exemplo, produtores de Valença, no Rio de Janeiro, vão detalhar o protagonismo dos queijos artesanais Valencianos, além de oferecerem cinco queijos do vale do café para degustação, feitos com leite de cabra, vaca e búfala.

A pluralidade regional também será apresentada durante o Programa de Degustação. Também no dia 12, Érico Kolya, mestre queijeiro do Pé do Morro, na cidade paulista de Cabreúva, será o responsável por conduzir e apresentar seis tipos de queijo de diferentes produtores integrantes do projeto Caminho do Queijo Paulista. Queijos internacionais também serão apresentados na programação.

Acompanhe tudo sobre:QueijosGastronomiaAlimentaçãoEventos

Mais de Casual

Plano mais caro de academia no mundo custa US$ 3 mil por mês

Próxima geração do canivete suíço não terá faca, diz Victorinox

Compre vinho gaúcho: campanha ajuda vinícolas atingidas pelas chuvas no RS

Thiago Monteiro salva match point, vence Kecmanovic e chega às oitavas do Aberto de Roma

Mais na Exame