Motorola abre vagas com home office e para todos os níveis

A Motorola deve adotar um modelo de trabalho híbrido quando houver um retorno ao escritório de Jaguariúna
 (Motorola/Divulgação)
(Motorola/Divulgação)
L
Luísa Granato

Publicado em 09/08/2021 às 12:00.

Última atualização em 09/08/2021 às 16:04.

A Motorola está aumentando seu time de pesquisa e desenvolvimento e abriu processo seletivo para 45 vagas de emprego de todos os níveis, de analista a sênior.

As oportunidades são para o escritório da empresa no interior de São Paulo, na cidade de Jaguariúna. Desde o início da pandemia, os funcionários permanecem em home office e a companhia estuda um modelo de trabalho híbrido quando houver um retorno ao presencial.

Para se candidatar, os profissionais devem ser formados em Engenharia da Computação, Ciências da Computação, Matemática, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e áreas correlacionadas.

As vagas são para atuação em desenvolvimento de software, com posições em áreas como Mobile Security, Imaging Processing, Câmera e Artificial Intelligence.

Segundo Ana Paula Cavioli, diretora de RH para a América Latina, a Motorola busca pessoas com um olhar atento aos novos comportamentos de consumo e que queiram fazer a diferença em uma empresa global “que respira inovação e oferece oportunidades de crescimento”.

“Queremos atrair talentos que sejam apaixonados por tecnologia. Profissionais atualizados que acompanhem as tendências do nosso mercado e que possam nos trazer visões diferentes para as áreas de pesquisa e desenvolvimento”, afirma a diretora.

A empresa pede por conhecimento e experiência em desenvolvimento web e mobile, segurança da informação, fotografia computacional, engenharia de software e/ou arquitetura de soluções.

Também é necessário ter o inglês no nível avançando ou fluente.

  • A digitalização do mercado de trabalho vai roubar seu emprego? Saiba como se adaptar. Assine a EXAME.