Carreira

Linguagem corporal: 7 gestos que podem ajudar e atrapalhar em uma entrevista de emprego

Ex-agente do FBI estudou por 50 anos como o corpo expressa os sentimentos. Veja dicas de como controlar sinais em momentos de nervosismo

Joe Navarro, ex-agente do FBI: O pé é a parte do corpo mais honesta para representar os nossos sentimentos (Getty Images/Divulgação)

Joe Navarro, ex-agente do FBI: O pé é a parte do corpo mais honesta para representar os nossos sentimentos (Getty Images/Divulgação)

Publicado em 17 de julho de 2023 às 13h39.

Você sabia que o nosso corpo tem várias maneiras de se comunicar? Um gesto, uma forma de olhar ou a velocidade com que mexemos as mãos podem expressar muito o que somos e o que estamos sentindo.

O pé, por exemplo, é a parte do corpo mais honesta para representar os nossos sentimentos, de acordo com o ex-agente do FBI, Joe Navarro:

“Nossas mãos, cabeça e pernas podem mostrar algumas emoções, mas de todas as partes do corpo, os pés são os mais honestos em representar como nos sentimos, porque eles são responsáveis ​​por nossa sobrevivência, então podemos sorrir para alguém de quem não gostamos, mas nossos pés se afastarão dessa pessoa mesmo enquanto sorrimos para eles.”

Joe investiu cinquenta anos de sua vida estudando a linguagem corporal de antropólogos, psicólogos, sociólogos, etnógrafos, etólogos e zoólogos que estudam primatas. Como especialista em linguagem corporal e autor do novo livro “Dicionário da Linguagem Corporal” que será lançado nesta quarta (19/07), o ex-agente compartilhou à EXAME novas dicas de como usar a linguagem não verbal em um dos momentos da vida que mais nos exige controle emocional: a entrevista de emprego.

Quais gestos podem ajudar em uma entrevista de emprego ou reunião de trabalho?

  • Seja sorridente;
  • Arqueie as sobrancelhas ao cumprimentar outras pessoas ou quando você está impressionado;
  • Sente-se em linha reta e inclinado para a frente;
  • Tome notas enquanto os outros falam;
  • Movimente as mãos com movimentos amplos e suaves;
  • Faça um bom contato visual com todos, especialmente quando estiverem falando;
  • Quando você apertar as mãos pela primeira vez, faça-o apenas com pressão suficiente para corresponder à pressão da mão da outra pessoa, mas não mais.

Joe Navarro, ex-agente do FBI, investiu cinquenta anos de sua vida estudando a linguagem corporal de antropólogos, psicólogos, sociólogos, etnógrafos, etólogos e zoólogos que estudam primatas. (Joe Navarro/Divulgação)

Quais gestos podem ser uma desvantagem em uma entrevista de emprego ou reunião?

  • Olhar por toda a sala que não pertence a você;
  • Um aperto de mão ruim na introdução;
  • Sentar-se de uma maneira muito relaxada;
  • Realizar qualquer comportamento de autolimpeza, como tirar fiapos de suas roupas, tocar o interior da orelha, etc;
  • Realizar gestos muito rápidos durante a conversa;
  • Sentar-se tão imóvel que você não sorri ou não inclina a cabeça, parecendo muito robótico;
  • Falhar em fazer bom contato visual com todos. Direcione o olhar para a pessoa com quem esteja falando.

Como podemos controlar nossas emoções e nossos gestos em um momento importante que pode causar nervosismo, como uma entrevista de emprego?

É preciso muito esforço para controlar as emoções. A melhor maneira, de acordo com o ex-agente do FBI, é ler os outros e antecipar comportamentos para não ficarmos muito emotivos e não perdermos o controle.

"Nossos gestos às vezes são evidências de nossas emoções e, quando estamos nervosos e nossas mãos tremem ou comprimimos os lábios, é melhor direcionar essa emoção para outro lugar segurando e apertando um objeto ou escondendo nossas mãos debaixo da mesa ou atrás das costas. Não há nada de errado com as emoções, apenas quando as emoções assumem o controle de nós, nosso comportamento e pensamentos."

Acompanhe tudo sobre:Linguagem corporalDicas de carreiraentrevistas-de-emprego

Mais de Carreira

Você se dá bem com seus amigos? Amizades são importantes para a longevidade, apontam estudos

Quer trabalhar com marketing digital, mas não sabe por onde começar? Aqui está o caminho

Concurso Público Correios: Edital é divulgado com salário de até R$ 6,8 mil

De pai para filha: A história da judoca Beatriz Souza que lutará pelo pódio nas Olimpíadas 2024

Mais na Exame