Carreira

Enem 2024: edital é divulgado; veja dicas para se sair bem na prova, como temas para redação

O período de inscrições será de 27 de maio a 7 de junho. As provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro

A taxa de inscrição do Enem 2024 é no valor de R$ 85,00. Veja como se preparar para a prova (USP Imagens/Divulgação)

A taxa de inscrição do Enem 2024 é no valor de R$ 85,00. Veja como se preparar para a prova (USP Imagens/Divulgação)

Publicado em 13 de maio de 2024 às 11h30.

Última atualização em 13 de maio de 2024 às 11h58.

Tudo sobreEnem
Saiba mais

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) publicou nesta segunda-feira, 13, o edital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2024. Por meio deste documento o estudante já pode conferir o cronograma e as regras desta edição.

  • Período de inscrições: de 27 de maio a 7 de junho.
  • Aplicação das provas: em 3 e 10 de novembro.
  • Divulgação do gabarito: 20 de novembro.
  • Divulgação do resultado: 13 de janeiro.

Taxa de inscrição

O Inep divulgará, ainda nesta segunda-feira, os resultados dos pedidos de isenção da taxa de inscrição. O Instituto publicou um edital específico para essas solicitações e para as justificativas de ausência.

A taxa de inscrição continua no valor de R$ 85 e pode ser paga por boleto (gerado na Página do Participante), Pix, cartão de crédito, débito em conta-corrente ou poupança (a depender do banco). O prazo para fazer o pagamento vai até o dia 12 de junho.

ATT: Para pagar por Pix, basta acessar o QR code que consta no boleto.

Dicas para se sair bem na prova deste ano

Ainda não foram identificadas mudanças estruturais do Enem deste ano, em comparação com a edição do ano anterior, afirma Daniel Reis, coordenador pedagógico e professor do Estratégia Vestibulares, que compartilha algumas dicas para o estudante se sair bem na prova.

  • Dê muita atenção para o estudo da Matemática e para a produção textual da prova de Redação:  “A disciplina de Matemática, com 45 questões, tem o peso de uma área de conhecimento inteira. Além disso, a prova de Matemática costuma gerar notas maiores pela TRI, o que pode potencializar sua média final. Do mesmo modo, a prova de Redação também tem o peso de uma área de conhecimento, o que significa que Matemática e Redação, juntas, correspondem a 40% da sua nota final do ENEM.”
  • Outra dica importante é quanto à coerência dos seus acertos em cada área de conhecimento: “É fundamental garantir as questões fáceis, e só depois partir para as médias e difíceis. Por isso, você nunca deve responder as questões na ordem em que elas aparecem e sim na dificuldade apresentada”, diz o professor.
  • É imprescindível responder muitas questões antigas e participar de simulados inéditos: “Esse teste vai te dar a segurança e a prática necessárias para apresentar o melhor desempenho possível na hora do exame”, afirma Reis.

Quais temas já valem estudar para a redação?

É importante se atualizar com as notícias o tempo inteiro, mas Anna Cabral, professora de redação do Estratégia Vestibulares, já adianta alguns temas que possuem potencial para a redação do Enem este ano:

  • A importância da identificação de fake news quanto à negligência de informação na sociedade brasileira;
  • Os desafios da representatividade social em órgãos públicos e sua importância para a sociedade democrática brasileira;
  • A importância da educação na periferia como uma forma de promoção de vida na sociedade brasileira;
  • Os desafios do sistema governamental quanto aos desastres ambientais no Brasil;
  • A importância da sociedade frente aos problemas públicos do Brasil.

Para saber mais detalhes do Enem 2024, acesso o edital na íntegra no site do Inep.

Acompanhe tudo sobre:EnemVestibularesBolsas de estudo

Mais de Carreira

Fora da curva: como esse profissional entrou no hype do mercado e conquistou salário de R$ 51 mil

Rage Applying: Conheça a tendência de desligamento que está crescendo com a Geração Z

RH Summit 2024: confira os destaques do maior evento de RH do Brasil

Saiba como desbloquear o potencial da sua empresa com o “novo mosaico da cultura organizacional”

Mais na Exame