Empresas oferecem bolsas de até 10 mil dólares para estudar no Canadá

Para se candidatar, só é necessário ter ensino médio completo e realizar um teste de inglês das instituições de ensino
Canadá: os programas têm carga horário de 20 horas semanais e oferecem visto de trabalho (Carlos Bezz/Getty Images)
Canadá: os programas têm carga horário de 20 horas semanais e oferecem visto de trabalho (Carlos Bezz/Getty Images)
L
Luísa Granato

Publicado em 18/05/2021 às 09:59.

Última atualização em 18/05/2021 às 15:00.

Para quem sonha em morar ou estudar fora do Brasil, o Canadá está se tornando um destino de oportunidades. O país possui mais de 40 programas de imigração para residência permanente e espera atrair mais de 1 milhão de imigrantes até 2023.

Juntar produtividade e qualidade de vida é possível. Descubra como no novo curso da EXAME Academy

A Revelo, empresa de tecnologia para Recursos Humanos, se uniu à agência SEDA Intercâmbios para ampliar as chances de brasileiros que desejam se mudar para o Canadá.

A parceria das duas empresas vai oferecer bolsas de estudo de até 10 mil dólares canadenses e financiamento em cursos com parcelas de 12, 18 ou 24 vezes. Dessa forma, estudantes poderão terminar de pagar após se formar.

São programas com carga horária de 20 horas semanais e que oferecem visto de trabalho. Para se candidatar, só é necessário ter ensino médio completo e realizar um teste de inglês das instituições de ensino.

Os cursos focados na área de tecnologia são uma oportunidade de entrar em carreiras competitivas no mercado de trabalho – no Brasil ou no Canadá. Assim, os participantes do programa terão mais oportunidades ao final da formação.

A CCTB (Canadian College of Technology and Business), em Vancouver, tem opções de cybersecurity, desenvolvedor de softwares e user experience (UX). São cursos de 42 a 70 semanas de duração e custam entre 10.500 e 17.500 dólares canadenses.

 

 

E na TSOM (Toronto School of Management) os cursos de marketing digital e analista de dados duram em torno de 51 e 52 semanas e os preços vão de 10.500 a 11.495 dólares canadenses.

Com o financiamento, o aluno pode terminar de pagar os custos da formação quando já estiver empregado. Os salários para esse perfil de profissional no Canadá variam de 60 a 80 mil dólares canadenses por ano.

“Muitas pessoas nos procuram com o objetivo de morar fora do país, mas os custos acabam sendo uma barreira. Foi por isso que buscamos uma forma de ampliar as possibilidades por meio de um programa de financiamento”, afirma Jéssica Carvalho, Gerente de Produtos da SEDA Intercâmbios.

As aulas têm diferentes opções de início, como setembro de 2021 ou janeiro e maio de 2022. As inscrições podem ser feitas até o dia 30 de maio pelo site.

 

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

 

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.