Acompanhe:

De acordo com informações do último relatório do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), intitulado “Índice de Desperdício de Alimentos”, cerca de 14% dos alimentos produzidos no mundo são perdidos entre a colheita e o transporte por falta de tecnologias integrativas. Nesse sentido, a Raízs, foodtech de orgânicos e saudáveis, pioneira em valorizar o pequeno produtor, investe em inteligência artificial exclusiva para prever o que será consumido entre seus clientes e assim retirar do solo apenas o que for consumido, evitando o desperdício de alimentos.

“Por meio de sistemas e plataformas próprias, conseguimos fazer uma predição de compras com base na média de consumo, entregando os melhores produtos para os clientes. Com a nossa ferramenta conseguimos fazer um planejamento com produtores e colher apenas os alimentos que serão aproveitados”, afirma o fundador e CEO da Raízs, Tomás Abrahão.

As ferramentas desenvolvidas pela Raízs combinam conhecimento sobre as médias diárias, semanais e mensais de compras dos consumidores e sazonalidade dos produtos. Toda base de pequenos produtores da foodtech é integrada com essa base de dados, assim tanto o plantio quanto a colheita são feitos de forma sincronizada com os comportamentos de compras dos clientes. Atualmente, a startup conecta cerca de 900 famílias de pequenos produtores em todo o país com o consumidor final.

Essa inovação da empresa também possibilita um controle maior no envio das cestas de assinaturas. A Raízs consegue checar restrições, frequências e preferências para fazer substituições de produtos personalizadas de acordo com essas informações.

“A ideia é gerar aumento de renda para o pequeno produtor, evitar o desperdício e oferecer produtos frescos para os nossos clientes através da nossa tecnologia. Queremos continuar acelerando a transformação da cadeia de alimentos, integrando o campo a cidade”, declara Abrahão.

Fundada em agosto de 2014, a Raízs nasceu com o propósito de conectar o pequeno agricultor de produtos orgânicos ao consumidor final, criando assim um laço entre a cidade e o campo. Entre os serviços estão as cestas por assinatura disponíveis no site, tanto para os consumidores quanto para os estabelecimentos. A startup recebeu aportes importantes em prêmios como Red Bull Amaphiko, Choice UP Artemisia, ONU Accelerate 2030, Creators Awards e, recentemente, recebeu a certificação de empresa em que o lucro anda junto com a responsabilidade social, concedida pelo Sistema B. A plataforma aceita todas as bandeiras de cartão de crédito e as compras podem ser feitas pelo site.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Como a IA impacta o futuro das profissões e conselhos administrativos

ChatGPT mode on: como funciona e que cuidados tomar

Como o ChatGPT vai revolucionar o mercado e as relações humanas

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Musk busca levantar até US$ 4 bilhões para sua startup de inteligência artificial
Inteligência Artificial

Musk busca levantar até US$ 4 bilhões para sua startup de inteligência artificial

Há 4 horas

IBGE prevê que safra terá queda na produção de soja, milho e sorgo; arroz e feijão terão alta
EXAME Agro

IBGE prevê que safra terá queda na produção de soja, milho e sorgo; arroz e feijão terão alta

Há 19 horas

Como uma empresa faz R$ 160 milhões levando pessoas ao trabalho — sem ter sequer um veículo
seloNegócios

Como uma empresa faz R$ 160 milhões levando pessoas ao trabalho — sem ter sequer um veículo

Há 21 horas

Nas redes sociais, influenciadores já disputam com a IA; para as marcas pode ser um bom negócio
Inteligência Artificial

Nas redes sociais, influenciadores já disputam com a IA; para as marcas pode ser um bom negócio

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais