Um conteúdo Bússola

SXSW 2022: Como fazer a inovação acontecer no dia a dia

Com o fim do maior festival de criatividade, a principal pergunta deve ser como transformar todo esse conteúdo em ações práticas que gerem valor
Veja como transformar algumas dessas novidades e tendências em novas rotas de crescimento. (patpitchaya/Getty Images)
Veja como transformar algumas dessas novidades e tendências em novas rotas de crescimento. (patpitchaya/Getty Images)
B
BússolaPublicado em 21/03/2022 às 15:25.

Por Rodrigo Carvalho*

Chega ao fim o maior festival de criatividade, cultura e inovação do Ocidente, o SXSW 2022, que este ano celebrou o retorno do público às ruas de Austin (EUA). Foram 9 dias de programação intensa com palestras, painéis, feiras, meetups, performances artísticas e experiências entre outros formatos que compuseram a grade de uma curadoria impecável de temas.

Quem acompanhou de perto o evento volta para casa com milhares de ideias na cabeça — e muitas pontas soltas também. Na perspectiva de negócios, talvez a principal pergunta seja como transformar todo esse conteúdo em ações práticas que gerem valor para os diversos públicos da sua empresa, incluindo equipe, fornecedores e, claro, clientes e prospects.

Conversando com colegas de mercado que acompanham o SXSW há algum tempo, refletimos sobre algumas ações que podem ajudar as empresas a dialogarem com os tópicos do evento e quem sabe até transformar algumas dessas novidades e tendências em novas rotas de crescimento.

Crie espaço para uma cultura de inovação

A inovação não vai funcionar se todos estiverem ocupados demais para experimentar algo novo. Por isso, é importante criar espaço-tempo para debates inspiradores e trocas que ampliem o repertório do time, além de valorizar a atitude experimental e reforçar o convite para que a inovação seja um território de todos.

Defina um foco e um plano de ação

Não espere que a inovação venha de um rompante criativo. Ela demanda planejamento, investimento e foco. Portanto, defina quais dessas tendências e tecnologias emergentes mais combinam com as ambições comerciais e os pontos fortes da sua empresa.

Conecte-se com o ecossistema

A inovação nos dias de hoje é feita a muitas mãos, não espere resolver tudo sozinho. Na maioria das vezes, o fator decisivo de sucesso é o estabelecimento de boas parcerias. Reserve um tempo regular para conhecer novas iniciativas, empresas, pessoas, startups, alimente o bom e velho networking.

Aposte em experimentos metrificados e valorize a tomada de riscos

Depois que os desafios e/ou objetivos de negócios foram identificados, você e sua equipe estão capacitados e os parceiros certos estão mapeados, é hora de fazer acontecer. A regra de ouro é criar pequenos experimentos metrificados como protótipos, provas de conceito, MVPs, tudo que ajude a validar uma ideia com números e impressões reais de mercado.

Nessa etapa é importante ser ágil e apostar na iteração, isto é, na melhoria incremental do novo produto, canal, processo etc. Eventos como o SXSW podem ser fontes ricas para uma referência ou até mesmo um contato de mentoria.

Prepare sua empresa para o futuro

Às vezes, a tecnologia faz tudo parecer um passe de mágica, mas a verdade é que a inovação é uma longa e cansativa maratona, e é preciso estar preparado pois não basta questionar as velhas estruturas, é preciso agir na construção de novos paradigmas. Invista em novas habilidades, novos processos, novos métodos, novas áreas, novos conhecimentos, novos produtos, enfim, invista no novo.

Todos os anos, eventos como o SXSW servem como um gatilho de inspiração para que possamos não apenas imaginar, mas participar ativamente da construção de um novo mundo. Reiterando a tônica da última edição, o SXSW 2022 trouxe à mesa reflexões propositivas sobre o papel da inovação na luta pelos direitos básicos e justiça social, ao mesmo tempo em que projetou os avanços tecnológicos que farão a diferença no desenvolvimento sustentável das empresas e dos negócios nos próximos anos, especialmente em um contexto de luta pela recuperação econômica.

A meu ver, o grande saldo do evento é a conexão entre essas duas faces da ‘moeda inovação’: uma que gera vantagem competitiva e a outra que gera valor compartilhado. E quem encontrar uma forma de equilibrar ambas, são os que estarão à frente e vão liderar a retomada nesse novo momento.

E que venha o SXSW 2023!

*Rodrigo Carvalho é diretor de inovação da iD\TBWA

Siga a Bússola nas redes: Instagram | LinkedInTwitter | Facebook | Youtube

Veja também