Bússola
Um conteúdo Bússola

SOS RS: Betano e Atlético Mineiro se unem e vendem 46 mil ingressos a R$ 10 para ajudar vítimas

Em iniciativa inédita, ingressos estão sendo oferecidos com preço especial para jogo contra o Galo, que deveria ter ocorrido no último sábado e foi adiado por causa da tragédia

Os 46 mil ingressos comprados pela ação podem ser adquiridos por apenas R$ 10,00 (Pedro Souza/Atlético Mineiro/Divulgação)

Os 46 mil ingressos comprados pela ação podem ser adquiridos por apenas R$ 10,00 (Pedro Souza/Atlético Mineiro/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 13 de maio de 2024 às 17h26.

Tudo sobreRio Grande do Sul
Saiba mais

Para ajudar as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul, Betano e Clube Atlético Mineiro organizaram a venda de ingressos solidários para a partida do Galo contra o Grêmio

Como vai funcionar

Até o final desta terça-feira (14), os 46 mil ingressos comprados pela ação podem ser adquiridos por apenas R$ 10,00. O valor das vendas será doado para as famílias afetadas por meio da Central Única das Favelas (CUFA) com a campanha "S.O.S Rio Grande do Sul".

“Unindo forças com nossos parceiros, o Atlético Mineiro, ampliaremos nosso impacto e ofereceremos um apoio maior às famílias do Rio Grande do Sul. Vamos encher o estádio simbolicamente, ao lado não apenas de todos os fãs do Atlético Mineiro, mas de todos os brasileiros”, comenta Julio Iglesias Hernando, chief commercial officer da Kaizen Gaming, empresa de tecnologia de jogos dona da marca Betano.

Quando é o jogo do Atlético Mineiro contra o Grêmio?

A disputa do Brasileirão Série A, que deveria ter acontecido no último sábado, 11, foi adiada devido aos desastres ocorridos no Rio Grande do Sul.

  • No momento, é aguardada a confirmação da nova data pela CBF

Enquanto espera o momento de entrar em campo, o Galo se dedica a fomentar uma postura social valorizada pelo clube e pelos seus torcedores. 

"Este é mais um gesto do Galo ao lado da Betano por uma nobre causa que esperamos que todos possam abraçar. Sabemos que sempre podemos contar com nossos torcedores, conhecidos como nossa Massa, para ajudar aqueles afetados por esta catástrofe," diz Bruno Muzzi, CEO do Atlético Mineiro.

Quem irá administrar a doação?

A Central Única das Favelas (CUFA), é a organização que lidera uma mobilização nacional para auxiliar a população do Rio Grande do Sul em diversas frentes de emergência, incluindo a entrega imediata de itens essenciais a partir de 13 pontos de coleta e distribuição no estado.

 “Infelizmente estamos enfrentando mais uma tragédia. Estamos mobilizando o máximo de doações possíveis. Contar com a doação da Betano e outras empresas é fundamental para que a gente possa fornecer itens básicos para as vítimas do Rio Grande do Sul ", diz Kalyne Lima, presidente da CUFA Nacional

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Acompanhe tudo sobre:Atlético - MGFutebolRio Grande do Sul

Mais de Bússola

Dia Internacional da Mulher na Engenharia: sejamos hoje o modelo para as líderes do futuro

E se seu filho pudesse estudar empreendedorismo desde pequeno? Conheça escola que dá curso na área

Como a Arezzo&Co planeja rastrear 100% da sua cadeia de couro utilizando blockchain

Bússola Poder: Lula paga a conta de Lula e Dilma

Mais na Exame