Acompanhe:

Criada em 2016, a Raízs, foodtech de orgânicos e saudáveis pioneira em valorizar o pequeno produtor, tem como um dos pilares principais criar uma conexão entre a cidade e o campo. Entre os itens, que são vendidos até 45% mais baratos, estão frutas, legumes e verduras. Há também os produtos da Linha Original Raízs — que contam com alimentos já higienizados e picados, facilitando o consumo no dia a dia.

Nosso objetivo é incentivar a agricultura orgânica, agroecológica e a produção artesanal brasileira, com respeito ao meio ambiente e aos animais. Graças aos mais de 900 produtores parceiros, nós cortamos os intermediários e conectamos diretamente a cidade ao campo. A Raízs entrega para seus consumidores conforto, economia e a segurança de um produto orgânico de qualidade”, diz o fundador e CEO e fundador da Raízs, Tomás Abrahão.

Com 900 pequenos produtores em fazendas espalhadas por todo o país, a Raízs fornece para a Grande São Paulo, Campinas, ABC e em alguns pontos do litoral norte paulista, com um portfólio de mais de 3 mil itens.

Tecnologia a favor da sustentabilidade

Conectada com valores de sustentabilidade e compromisso com a natureza, a foodtech desenvolveu uma tecnologia exclusiva, por meio de um algoritmo feito pela inteligência artificial, que prevê o consumo dos ciclos de produção e, assim, retira do solo apenas o que será de fato consumido. Com o uso da I.A, a empresa já evitou o desperdício de alimentos, sendo que na cadeia apenas 0,1% não conseguem ser aproveitados. “Por meio de sistemas e plataformas próprias, é possível fazer uma predição de compras com base na média de consumo, entregando os melhores produtos para os clientes. Com isso, elaboramos um planejamento com produtores para colher apenas os alimentos que serão aproveitados”, afirma Abrahão.

Por meio da venda online de alimentos orgânicos, a Raízs oferece, além do varejo, a alternativa de assinaturas personalizadas, conforme periodicidade e itens de preferência do consumidor. Nesse sentido, a tecnologia auxilia a empresa porque possibilita um controle maior no envio das cestas, e permite checar restrições, frequências e preferências para fazer substituições de produtos customizados de acordo com essas informações. Isso é possível porque a ferramenta combina conhecimento sobre as médias diárias, semanais e mensais de compras  dos consumidores e sazonalidade dos produtos.

Ainda, essa tecnologia traz aos pequenos produtores lucros e benefícios, uma vez que os comerciantes não perdem com o desperdício de alimentos e a quebra na cadeia produtiva. Todos os pequenos produtores da foodtech estão integrados com a base de dados, assim tanto o plantio quanto a colheita são feitos de forma sincronizada com os comportamentos de compras dos clientes “A ideia é gerar aumento de renda para o pequeno produtor, evitar o  desperdício e oferecer produtos frescos para os nossos clientes através da nossa tecnologia.  Queremos  continuar acelerando a transformação da cadeia de alimentos, integrando o campo a cidade”,  diz o CEO da Raízs.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Compras em delivery de restaurantes registram alta no Dia dos Namorados

Instituto Baccarelli leva curso de moda criativa a Ceus de São Paulo

Compras em delivery de restaurantes registram alta no Dia dos Namorados

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Em sexta edição, Brazil at Silicon Valley quer aprofundar discussões sobre a adoção da IA generativa
seloNegócios

Em sexta edição, Brazil at Silicon Valley quer aprofundar discussões sobre a adoção da IA generativa

Há um dia

Brasil tem melhor trimestre da história em abertura de novos mercados para o agronegócio
EXAME Agro

Brasil tem melhor trimestre da história em abertura de novos mercados para o agronegócio

Há 2 dias

Arábia Saudita abre mercado para sementes brasileiras de variadas espécies
EXAME Agro

Arábia Saudita abre mercado para sementes brasileiras de variadas espécies

Há 2 dias

Após quebrar a família toda, ele foi para a Bielorrússia e faz R$ 26 milhões com WhatsApp
seloNegócios

Após quebrar a família toda, ele foi para a Bielorrússia e faz R$ 26 milhões com WhatsApp

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais