Bússola
Um conteúdo Bússola

Pulse DOOH: uma análise das tecnologias emergentes

Personalização e segmentação de audiência estão mudando o cenário e estratégias bem planejadas são essenciais para se chegar ao público desejado

A integração com dispositivos móveis, a personalização de conteúdo e a análise de dados são tendências que continuarão a moldar o setor (RZK Digital/Divulgação)

A integração com dispositivos móveis, a personalização de conteúdo e a análise de dados são tendências que continuarão a moldar o setor (RZK Digital/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 8 de julho de 2024 às 07h00.

Por Claudia de Armas*

O Digital Out of Home (DOOH) tem experimentado um crescimento agressivo nos últimos anos, impulsionado por tecnologias emergentes que estão revolucionando as cidades inteligentes. Entre essas tecnologias, destacam-se a Internet das Coisas (IoT), Inteligência Artificial (IA), Big Data, Computação em Nuvem e Realidade Virtual ou Aumentada. Cada uma dessas inovações contribui para a evolução e sofisticação das campanhas de DOOH, tornando-as mais interativas e eficazes. 

A personalização e segmentação de audiência estão mudando radicalmente o cenário do DOOH. Utilizar tecnologias avançadas acompanhadas de estratégias bem planejadas é essencial para conseguir bons resultados e atingir o público correto. Por exemplo, campanhas que envolvam gamificação e Realidade Virtual são mais eficazes para atrair o público jovem, que responde melhor a estímulos interativos. A capacidade de direcionar anúncios com base em dados demográficos e comportamentais aumenta a relevância das mensagens, resultando em maior engajamento do consumidor.

A integração do DOOH com dispositivos móveis está transformando as campanhas publicitárias. Utilizando tecnologias como QR codes, geolocalização, beacons e Wi-Fi, as campanhas podem oferecer conteúdos personalizados e informações adicionais. Um exemplo prático é a RZK Digital, que oferece Wi-Fi grátis em terminais de ônibus, o que permite entender o perfil do usuário, conseguindo a coleta de dados demográficos e de satisfação dos usuários. Essa integração possibilita uma adaptação personalizada da grade de anúncios, aumentando a eficácia e o retorno das campanhas. Outro ótimo exemplo de integração, é utilizar beacons para enviar notificações para smartphones próximos à localização.

Medição e análise de impacto das campanhas de DOOH enfrentam desafios significativos, como rastrear conversões diretas e medir o engajamento do público. Contudo, tecnologias disruptivas oferecem soluções inovadoras. Câmeras de reconhecimento facial podem medir impressões reais e tráfego, enquanto análises de sentimentos avaliam o impacto emocional dos anúncios. Além disso, a análise de dados mobile ajuda a entender o comportamento dos espectadores e a criar modelos de correlação com vendas. No entanto, é crucial garantir a conformidade com a LGPD, utilizando métodos de encriptação e anonimização para proteger a privacidade dos usuários.

Garantir a segurança e a privacidade dos dados dos usuários é um desafio essencial para a implementação dessas tecnologias. Métodos como encriptação, anonimização e pseudonimização, além do uso apenas de dados agregados, que garantem a obtenção de insights sobre grupos de usuários sem identificar indivíduos específicos. As empresas devem manter políticas de privacidade claras e transparentes, além de comunicar de forma acessível suas práticas de coleta e uso de dados. A instalação e infraestrutura dessas tecnologias também representam um custo significativo, o que pode levar ao aumento do CPM das campanhas.

A sustentabilidade e a responsabilidade social estão ganhando destaque nas estratégias. Empresas estão adotando práticas mais verdes, como o uso de materiais sustentáveis na construção de painéis e a otimização do consumo de energia. Campanhas com mensagens de impacto social ajudam a fortalecer a imagem corporativa e a criar uma conexão emocional com o público. O futuro do DOOH é promissor, impulsionado por tecnologias emergentes que tornam as campanhas mais interativas, personalizadas e eficazes. A integração com dispositivos móveis, a personalização de conteúdo e a análise de dados são tendências que continuarão a moldar o setor.

*Claudia de Armas é Head de Ciência de Dados da RZK digital

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Acompanhe tudo sobre:estrategias-de-marketing

Mais de Bússola

Bússola Poder: só a política explica

Rio Innovation Week projeta movimentar mais de R$ 2,6 bilhões e espera 150 mil pessoas 

Bússola Cultural: São José dos Campos recebe Revelando SP

O que seu pet tem a ver com a reforma tributária? 

Mais na Exame