Apresentado por Bússola

Podcast A+: Futuro da Economia 4.0 - tendências no mercado de startups

Episódio debate as oportunidades de negócios da nova economia e os desafios para o ecossistema de inovação avançar no país
 (Bússola/Divulgação)
(Bússola/Divulgação)
Por BússolaPublicado em 27/05/2022 08:53 | Última atualização em 27/05/2022 08:53Tempo de Leitura: 3 min de leitura

Por Bússola

O novo episódio do Podcast A+ traz o debate promovido pela Bússola sobre tendências e oportunidades no mercado de startups.

Você já ouviu falar em Economia 4.0? Talvez o conceito ainda não seja familiar, mas a vida de todos nós tem sido cada vez mais impactada pelas soluções tecnológicas trazidas por essa nova economia. Com a evolução do processo industrial analógico para o digital e a transformação promovida pela automação e pelo uso de dados, surgem modelos disruptivos de negócios que trazem inovação para o mercado e a sociedade.

Google, Netflix, Uber e Airbnb são alguns exemplos de empresas que, por meio da tecnologia, revolucionaram os setores em que atuam, oferecendo serviços e produtos que mudaram a nossa forma de consumir e de se relacionar com o mundo à nossa volta. Nesse cenário da 4ª Revolução Industrial, as startups ocupam lugar de destaque e desempenham papel estratégico para o futuro da economia global.

O mundo reúne hoje mais de mil unicórnios, as startups que atingiram US$ 1 bilhão de valor de mercado. Juntas valem US$ 3,3 trilhões. O Brasil é líder no ecossistema latino-americano de startups, representando 77% do mercado e concentrando 70% dos investimentos na região, segundo relatório da Sling Hub.

Desde o início da pandemia, que acelerou a transformação digital e exigiu respostas criativas e inovadoras a novos e complexos desafios, as startups têm atraído mais atenção de consumidores e despertado interesse maior de investidores. Em abril, as startups brasileiras captaram US$ 437 milhões – US$ 21 milhões a mais do que em abril do ano passado.

Os números são da plataforma Distrito, que projeta que essas empresas devem atrair no país investimentos de pelo menos US$ 10,7 bilhões em 2022, acima dos US$ 9,6 bilhões de 2021, que já representavam uma alta de 174% em relação a 2020.

Mas algumas previsões menos animadoras têm mexido com o ecossistema de inovação nos últimos dias: a Y Combinator, principal aceleradora de startups do mundo, fez um alerta para um cenário desafiador nos próximos 24 meses. Em carta enviada aos seus empreendedores na última semana, a aceleradora do Vale do Silício aconselhou que as startups de seu portfólio reavaliassem suas finanças diante das incertezas do mercado financeiro em 2022.

Quais as principais tendências e as maiores oportunidades no mercado brasileiro de startups? Quais os desafios para o Brasil avançar na Economia 4.0 e ganhar mais relevância no mapa global de inovação? Qual tem sido o impacto do Marco Legal das Startups, em vigor desde o ano passado? E como os profissionais devem se preparar para participar desse ecossistema, que está em busca de mão de obra qualificada?

Todas essas questões foram debatidas em uma hora de live no YouTube da Exame. Com mediação do jornalista Rafael Lisbôa, diretor da Bússola, o bate-papo reuniu Frederico Pompeu, sócio do BTG Pactual e head do boostLAB; Michael Nicklas, sócio da Valor Capital Group; e Nilio Portella, sócio-fundador da Mene & Portella.

Escute abaixo o episódio, e ainda pelo Spotify ou Apple Podcasts. A edição é de Guilherme Baldi.

 

 O Podcast A+ faz parte da plataforma Bússola, uma parceria entre a Revista Exame e o Grupo FSB.

Assine os Boletins da Bússola

Siga Bússola nas redes:  InstagramLinkedin  | Twitter  |   Facebook   |  Youtube 

Mais da Bússola:

Podcast A+: Como explorar o LinkedIn, a maior rede profissional do mundo

Podcast A+: Healthtechs e a transformação do setor de saúde

Podcast A+: Eleições 2022 - a corrida presidencial a 5 meses do 1º turno