Nescau lança segundo filme em campanha contra canudo de plástico

Novo filme mostra as transformações na vida da transexual Safira enquanto o canudo de plástico descartado incorretamente permanece intacto no oceano

A marca Nescau lançou ontem, 13, o segundo filme publicitário da campanha que fala sobre o cuidado com o meio ambiente ao criar um paralelo entre a jornada de um canudo de plástico descartado no mar e a vida humana. O vídeo mostra as transformações na vida da transexual Safira, desde criança até a fase adulta, enquanto o canudo de plástico descartado incorretamente permanece intacto no oceano, nesse mesmo período de tempo. Em fevereiro, a marca estreou o filme com o personagem Teodoro, com a mesma narrativa sobre as mudanças na vida do jovem 

“A ideia é mostrar quanto a vida de uma pessoa pode mudar ao longo dos anos, enquanto o canudo plástico permanece imutável”, diz Fabiana Fairbanks, vice-presidente de Bebidas da Nestlé Brasil. Para ela, é com esse tipo de alerta que será possível promover uma verdadeira mudança de atitude na sociedade, mostrando que o simples gesto de não jogar um canudo de plástico no mar faz a diferença para a proteção do meio ambiente.

Criada pela Ogilvy Brasil, a campanha será veiculada na TV e mídia digital, com conteúdos em mídias sociais para fomentar as conversas e as interações do público. No Instagram de Nescau, a novidade será um filtro especial que simula o envelhecimento do usuário enquanto o canudo permanece sem mudanças. Ao final, a marca sugere que o consumidor seja a mudança necessária ao retirar o canudo do meio ambiente. 

O filme integra o movimento Joga Junto, lançado por Nescau em 2019 com o objetivo de conscientizar os consumidores sobre a importância da conservação e educação ambiental. “Joga Junto é um grande movimento liderado por Nescau que convida os consumidores a participar de uma jornada de evolução, jogando junto com a marca pelo bem da natureza”, completa Fabiana. 

Projeto Tamar

Em 2019, a marca anunciou a parceria com a Fundação Projeto Tamar, que atua na preservação de tartarugas-marinhas ameaçadas de extinção, como parte de um compromisso assumido com a sustentabilidade. A parceria inclui ações que vão desde o incentivo à pesquisa e à educação socioambiental até o investimento em tecnologia para a preservação das espécies. No ano seguinte, a marca lançou a versão orgânica de seu achocolatado pronto para beber com embalagem que dispensa o uso de tampas plásticas, o que evitou a utilização do equivalente a cerca de 2,6 toneladas de plástico por ano.

No mesmo ano, Nescau anunciou a retirada de parte dos canudos de plástico de Nescau Prontinho. Neste ano, confirmou a substituição de 100% dos canudos de plástico por opção de papel. Isso representa um salto de 4 milhões de canudos em 2019 para mais de 300 milhões de canudos de papel por ano a partir de 2021.

“O consumidor de hoje é extremamente conectado e busca, cada vez mais, a promoção de causas como inclusão e diversidade, sustentabilidade ambiental e iniciativas de impacto social. Não basta mais um produto ser bom e de qualidade, é preciso que as marcas e as empresas por trás dele tenham um propósito e uma forma de atuação socialmente e ambientalmente responsável. No caso da Nestlé, como nossa forma de trabalho se baseia na criação de valor compartilhado, essas questões estiveram sempre presentes, em um trabalho constante e consistente”, diz Fabiana. 

No Brasil, todos os resíduos dos processos industriais da companhia, incluindo os plásticos, são enviados para algum tipo de reciclagem, compostagem ou processamento. A Nestlé tem como ambição para 2050 alcançar impacto ambiental neutro em suas operações e, para isso, estabeleceu uma série de metas progressivas de redução dos impactos, como os esforços para produzir embalagens 100% recicláveis ou reutilizáveis até 2025, redução de 35% da água utilizada por tonelada de produto até 2020 e a ampliação o uso de fontes renováveis de energia. 

Siga Bússola nas redes: Instagram | LinkedinTwitter  |   Facebook   |  Youtube

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.