Um conteúdo Bússola

Karpowership e Itaguaí concluem programa inédito de reflorestamento

Empresa e prefeitura plantaram mais de 2 mil mudas de mangue e restinga para recuperar área de proteção ambiental
Projeto prevê reflorestamento com espécies nativas da mata atlântica (Bússola/Divulgação)
Projeto prevê reflorestamento com espécies nativas da mata atlântica (Bússola/Divulgação)
B
BússolaPublicado em 26/09/2022 às 16:30.

A Karpowership e a Prefeitura de Itaguaí concluíram o reflorestamento voluntário da Área de Proteção Ambiental (APA) do Saco de Coroa Grande, localizada em Itaguaí, no Rio de Janeiro. A iniciativa promoveu o plantio de 2.283 mudas de mangue e restinga para recuperação da região que se encontrava em estado de degradação. A ação, que contou com elevados parâmetros de sustentabilidade com Censo Florestal, teve duração total de 30 dias.

O sistema de reflorestamento escolhido é composto por espécies arbóreas nativas da mata atlântica, que apresentam crescimento mais rápido, são mais resistentes e aceleraram o processo de sucessão natural, a recuperação do solo e o retorno da fauna nativa. A Onda Verde, entidade não governamental e sem fins lucrativos, que foi responsável pela execução desta iniciativa, seguirá com o processo da manutenção após o plantio.

Trata-se da primeira área, correspondente a 8.200m² , de um total de 7,37 hectares do compromisso com a prefeitura de Itaguaí. Nos próximos dias será dada continuidade ao programa de recuperação de áreas de mangue com a definição de outras áreas a serem beneficiadas pelo compromisso da Karpowership.

“É uma iniciativa que reforça os elevados padrões de sustentabilidade do nosso projeto. Operamos junto com entidades governamentais e sociedade para garantir o respeito ao meio ambiente e a consequente melhoria na qualidade de vida da população local, aplicando critérios e normas internacionais como os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, diz o diretor de operações da Karpowership no Brasil, Gilberto Bueno.

Para a secretária de Meio Ambiente de Itaguaí, Shayene Barreto, o projeto é de extrema importância para a biodiversidade e, inclusive, para a recuperação da Baía de Sepetiba, que há anos vem sofrendo com a degradação ambiental.

“Hoje, Itaguaí sai na vanguarda em relação aos municípios no entorno da Baía de Sepetiba, que é de extrema importância para todo o Estado. É gratificante deixar esse legado para a comunidade e para as gerações futuras”, declarou a secretária.

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

O Brasil é destaque no cenário global de óleo e gás

Paketá investe em criação de holding e plataforma de infraestrutura de crédito

Empresas se unem para impulsionar o mercado voluntário de carbono