Bússola
Um conteúdo Bússola

Bússola Cultural: semana destaca Fábricas de Cultura e realidade virtual

Confira toda semana sugestões do Bússola com o melhor da programação cultural de São Paulo

Aproveite as Férias nas Fábricas de Cultura (Fábricas de Cultura/Divulgação)

Aproveite as Férias nas Fábricas de Cultura (Fábricas de Cultura/Divulgação)

Bússola
Bússola

Plataforma de conteúdo

Publicado em 14 de julho de 2023 às 21h30.

Literatura, comédia e rock nas Fábricas de Cultura

Em julho ninguém vai querer sair das Fábricas de Cultura das zonas norte e sul, Diadema e Osasco. A programação do mês tem atividades para todos os públicos, da música ao circo.  A equipe de Estúdios da Fábrica de Cultura Jaçanã convida a todos com interesse na área musical para participar do Encontro de Músicos e Produtores no dia 15, sábado, às 14h. A atividade possibilita o contato entre produtores e artistas locais, fomentando a troca de experiências e de dicas sobre o cenário musical independente, além de apresentar informações sobre os estúdios das Fábricas de Cultura.Você acha que biblioteca é lugar só de silêncio? Pois as bibliotecas das Fábricas de Cultura mostram que não. No dia 19, quarta-feira, às 14h, a equipe de biblioteca da Fábrica de Cultura Brasilândia convida a todos para participar do Samba na Biblio, atividade que mostrará a importância histórica deste gênero musical e o universo das escolas de samba da zona norte.

Celebrando uma nova estação e o melhor da cultura tradicional, a Fábrica de Cultura Jaçanã realiza a edição anual do Festival de Inverno com barracas de brincadeiras, jogos e brindes, além de pipoca e algodão-doce gratuitos. O evento será no dia 22, sábado, a partir das 15h, e contará com música ao vivo que vai do forró ao sertanejo. Entre as atrações confirmadas está o show de Alex Corrente às 17h.

Gratuito, programação completa no site das Fábricas de Cultura

Onde o arco-íris se esconde (Museu da Imigração | Henrico Cobianchi)

Exposição Onde o arco-íris se esconde

O Museu da Imigração, instituição da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas do Estado de São Paulo,  está com a exposição inédita “Onde o arco-íris se esconde”, do artista plástico, poeta e cineasta angolano Paulo Chavonga.

Nascido na região de Benguela, e residente em São Paulo, o artista traz, em suas obras, a ótica do migrante, egresso do continente africano, e a relação com o País e os brasileiros. O conjunto da mostra é composto de 60 pinturas, uma instalação que reproduz uma barraca de venda de tecidos da Praça da República, dois vídeos e 12 poemas. Entre as obras, em um tom autobiográfico, Chavonga expõe, no projeto, imagens da sua família em Angola.

O curta-metragem Sonhos exilados, de Chavonga, integra a exposição e aborda histórias de imigrantes nas ruas da maior cidade do Brasil. A obra fala, por um lado, das expectativas e dos sonhos comuns dessas pessoas e, por outro, das frustrações e dos desafios encontrados na capital paulista. Durante o vernissage, poemas que compõem a exposição serão declamados pelos poetas angolanos Ermi Pazo e Mwana N'gola.

Em cartaz até 30 de outubro, Rua Visconde de Parnaíba, 1.316 – Mooca – São Paulo/SP, Funcionamento: de terça a sábado, das 9h às 18h, e domingo, das 10h às 18h (fechamento da bilheteria às 17h), R$ 10 e meia-entrada para estudantes e pessoas acima de 60 anos | Grátis aos sábados e, todos os dias, para as crianças até 7 anos, mais informações Museu da Imigração

Férias: Educativo MIS promove oficina de fotogramas durante todo o mês de julho (MIS)

Férias com fotograma e Exposição Flipelô 

No Museu da Imagem e do Som está acontecendo a ação “Férias com fotograma”. A partir da visita à exposição “Linha do tempo da fotografia”, mostra que exibe mais de 30 câmeras fotográficas originais da coleção do Museu da Imagem e do Som, o Educativo MIS convida o público participante, em 18/07 e 25/07, a produzir o seu próprio fotograma, antiga técnica que possibilita o registro de imagens através de materiais sensíveis à luz.

Já no Museu das Favelas, terá a exposição Flipelô Edições, em 15 de julho, apoiando a Flipelô há 7 anos, o Instituto CCR irá ampliar o alcance da Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô) neste ano. A campanha “Viajando pelos Caminhos da Cultura” busca expandir a presença da festa em diversos estados brasileiros, com a primeira parada no Museu das Favelas. A exposição conta a história da FLIPELÔ, que além de estimular a literatura, preserva e valoriza a arte e cultura baianas e a memória do escritor Jorge Amado.

MIS - Presencial, Avenida Europa, 158, São Paulo-SP, 18/07 e 25/07, terças, das 14h às 15h, mais informações em MIS, grátis às terças-feiras

Museu das Favelas - Av. Rio Branco, 1269 - Campos Elíseos, São Paulo - SP, 01205-903, sempre grátis, mais informações Museu das Favelas

Todas as atividades são gratuitas (Fábrica de Cultura)

Jogo Montanha Russa no Óculos de Realidade Virtual (VR)

Na Fábrica de Cultura Sapopemba, terá a atividade “Campeonato de Cubo Mágico 3x3”. Uma competição emocionante em busca de recordes e habilidades rápidas de resolução do desafiante cubo mágico, em 28 julho, às 10h e 15h.

E, também, “Jogo Montanha Russa no Óculos VR”. Uma aventura que desperta a adrenalina das montanhas-russas, através da imersão no uso dos óculos de realidade virtual, em 20 de julho, às 10h e 15h.

Gratuito, mais informações Fábrica de Cultura

As novas obras da artista plástica Felícia Leirner serão abertas à visitação (Museu Felícia Leirner)

Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro ampliam acervo de esculturas

O Museu Felícia Leirner e o Auditório Claudio Santoro, em Campos do Jordão (SP), ampliaram o acervo de esculturas da artista polonesa que migrou para o Brasil e escolheu a região da Serra da Mantiqueira como lar e grande fonte de inspiração. São duas novas obras, uma é o busto de um homem, feito em bronze, que  ficará exposto no Centro de Pesquisa e Referência. A outra é feita em cimento branco armado com ferro e ficará exposta, ao ar livre, junto com as demais obras produzidas com os mesmos materiais. 

Além da novidade no acervo, a programação do Museu e Auditório está com uma programação variada para todos os públicos. Até 13 de agosto, será realizada a exposição “Sentir Prá Ver” com 14 obras brasileiras do final do século XIX que ilustram temas de natureza morta, retrato, cenas marinhas e paisagens rural e urbana, permitindo a participação efetiva e autônoma de todos os públicos, além de respeitar as diferenças e necessidades com padrões de acessibilidade universal e recursos multissensoriais para mediação das obras. A mostra estará em cartaz de terça-feira a domingo, das 9h às 18h, com entradas a R$ 15,00 (inteira) e R$ 7,50 (meia). Aos domingos a entrada é gratuita.

O complexo que reúne Museu e Auditório, em Campos do Jordão (SP), está localizado à Av. Dr. Luis Arrobas Martins, 1880 - Alto Boa Vista, mais informações Museu Felícia Leiner.

MC Ana Preta (MC Ana Preta)

4º Sarau Hip-Hop no Museu    

Na quarta edição do Sarau Hip-Hop no Museu da Língua Portuguesa, o anfitrião, o rapper e MC Xis, recebe como convidados MC Ana Preta, DJ Tati Laser e Boombox Crew, que apresenta uma exposição de grafite, em 15 de julho, das 12h às 14h, no Saguão Central da Estação da Luz.

O Museu da Língua Portuguesa é um dos primeiros museus totalmente dedicado a um idioma e celebra a língua como elemento fundador e fundamental da nossa cultura. Por meio de experiências e conteúdo audiovisual, o visitante é conduzido a um mergulho na história e na diversidade do nosso idioma.

De terça a domingo, das 9h às 16h30 (com permanência até as 18h),  R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia), grátis para crianças até 7 anos, grátis aos sábados, Acesso pelo Portão A,  Venda de ingressos na bilheteria e pela internet Link ,  Praça da Luz, s/n - Luz - São Paulo

Vanessa Meriqui (Izabel Cristina Silva)

Oficina Criando nossos livros

A produção de obras artesanais e sustentáveis é o tema da Oficina Criando Nossos Livros, realizada pela escritora e jornalista Vanessa Meriqui, a ser realizada no dia 15 de julho (sábado), na Biblioteca de São Paulo, e dia 16 de julho (domingo), na Biblioteca Parque Villa-Lobos, das 14h às 16h. Após conhecer os diferentes tipos de publicações, as profissões e as etapas da produção editorial, as crianças são convidadas a criar uma narrativa e confeccionar o próprio livro. Atividade gratuita. A partir de 7 anos. Não é necessário inscrição.

Gratuito, mais informações BSP e BVL 

Cora Ottoni (Marina Moreira)

Oficina “Sou quadrinista independente, e agora?”

A Biblioteca de São Paulo realiza a oficina on-line “Sou Quadrinista independente, e agora?”, nos dias 19 e 21 de julho, das 15h às 18h.  Com larga experiência em publicações independentes e editoriais, a quadrinista Cora Ottoni apresenta os conceitos básicos da produção editorial, o panorama das publicações independentes e o mercado de quadrinhos brasileiros. Aborda ainda os meios de autopublicação, a participação em feiras expositivas e exemplos que possam inspirar os participantes a colocarem suas ideias no papel. Atividade gratuita. A partir de 16 anos. Inscrições pelo link.

Gratuito, mais informações BSP 

Osesp e Thierry Fischer (Beatriz de Paula)

Sala São Paulo - Thierry Fischer e Guido Sant’Anna

Dando continuidade à Temporada 2023 – Sem Fronteiras, a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo – Osesp se apresenta na Sala São Paulo entre quinta-feira (13/jul) e sábado (15/jul) novamente sob a batuta de seu Diretor Musical e Regente Titular, Thierry Fischer, e tendo o jovem violinista brasileiro Guido Sant’Anna como convidado — Guido venceu o Concurso Jovens Solistas da Osesp em 2021 e, em 2022, o 10º Concurso Internacional de Violino Fritz Kreisler, em Viena, feito inédito para um brasileiro. O programa coloca lado a lado composições do brasileiro Mozart Camargo Guarnieri (Suíte Vila Rica), do finlandês Jean Sibelius (a Sexta Sinfonia) e do alemão Felix Mendelssohn-Bartholdy (seu Concerto para Violino e Orquestra, com Sant’Anna como solista). Vale lembrar que a performance de sexta (14/jul), às 20h30, será transmitida ao vivo no canal oficial da Osesp no YouTube.

13 de julho, quinta, às 20h30; 14 de julho, sexta, às 20h30 – Concerto Digital; 15 de julho, sábado, às 16h30; Sala São Paulo | Praça Júlio Prestes, 16, Campos ElíseosTaxa de ocupação limite: 1.484 lugares; recomendação etária: 07 anos; ingressos entre R$ 39,60 e R$ 258,00 (preços inteiros); Bilheteria (INTI): Neste link, de segunda a sexta, das 12h às 18h

Concerto da Orquestra do Festival com maestro Henrik Schaefer, no Auditório Claudio Santoro (Íris Zanetti)

Festival de Inverno de Campos do Jordão -  programação de 13 a 19 de julho

O Festival de Inverno de Campos do Jordão chega à sua 53ª edição em 2023. A programação artística,  que acontece entre 01 a 30 de julho, conta com recursos de acessibilidade e está distribuída entre as cidades de Campos do Jordão, em três palcos, e a Sala São Paulo – em dois palcos. 

São mais de 60 concertos, todos eles com entrada gratuita e divididos entre três locais da cidade da Serra da Mantiqueira: o adorado Auditório Claudio Santoro (com apresentações de sexta a domingo); o popular Parque Capivari (concertos aos sábados e domingos); e a bela Capela São Pedro, localizada no Palácio Boa Vista (recitais aos sábados e domingos). A Sala São Paulo também tem uma agenda musical, com atrações distribuídas entre a Sala do Coro (de terça a quinta-feira, com ênfase em Artistas do Festival) e a Sala de Concertos (aos sábados e domingos).

Ao longo dos próximos dias, destacam-se na agenda as apresentações de Artistas do Festival nos dias 13, 14, 18 e 19/jul. O Quarteto Brodsky se junta aos bolsistas na Sala do Coro, na próxima semana (18 e 19/jul); Temos ainda as apresentações da Orquestra Bach do Festival, regida por Luis Otávio Santos (14/jul, Auditório Claudio Santoro); da Orquestra Sinfônica de Campinas, sob a batuta da maestra Cinthia Alireti (15/jul, Parque Capivari); da Orquestra Filarmônica de Goiás, com Neil Thomson no pódio e Marina Martins no violoncelo (15/jul, Auditório Claudio Santoro; 16/jul, Sala São Paulo); e da Orquestra Sinfônica da Força Aérea Brasileira, com regência do Primeiro Tenente Paulo Rezende e Emmanuele Baldini no violino (15/jul, Sala São Paulo). Toda a programação é gratuita, e os ingressos podem ser retirados 5 dias antes de cada apresentação, sempre às 10h, limitado a 4 ingressos por pessoa (haverá distribuição de remanescentes no dia das apresentações, na bilheteria, 1h antes do início, conforme lotação dos espaços). A programação completa desta edição do Festival pode ser acessada no site oficial.

Gratuito, mais informações Festival Campos do Jordão

Siga a Bússola nas redes: Instagram | Linkedin | Twitter | Facebook | Youtube

Veja também

Globoplay lança Xuxaverso com oferta de NFTs e experiência inovadora 

Prio investe em patrocínio de grandes eventos culturais da cena carioca

Cultura pop: João Pessoa receberá o festival Imagineland

Acompanhe tudo sobre:LiteraturaCulturaEntretenimento

Mais de Bússola

E se seu filho pudesse estudar empreendedorismo desde pequeno? Conheça escola que dá curso na área

Como a Arezzo&Co planeja rastrear 100% da sua cadeia de couro utilizando blockchain

Bússola Poder: Lula paga a conta de Lula e Dilma

Bússola Cultural: Festival de Inverno de Campos do Jordão chega à sua 54ª edição

Mais na Exame