Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame
MAIS VÍDEOS com exame.solutions

“Eu não monto produto; eu construo memória”, diz Facundo Guerra

Em uma websérie apresentada pela marca Aramis, um dos mais bem-sucedidos empresários do Brasil conta como se reinventou depois de uma demissão

Quando chegou ao Brasil, no início da década de 1990, Facundo Guerra, empresário argentino radicado no Brasil, apostou nos estudos para se tornar um profissional bem-sucedido. Cursou engenharia, jornalismo, foi trainee em uma grande empresa e acabou se tornando um executivo muito bem remunerado.

Até que, um belo dia, recebeu a notícia da sua demissão. “Minha identidade começou a se esfacelar, porque eu me via através do meu emprego”, lembra Guerra. Foi quando o empresário não enxergou outra saída a não ser se reinventar. E, mais uma vez, ele conseguiu.

CEO do Grupo Vegas, companhia que gerencia casas noturnas no centro de São Paulo, o executivo montou, ao longo dos últimos 15 anos, mais de 20 negócios – todos eles em locais icônicos da cidade de São Paulo, como o Bar dos Arcos, o Cine Joia e o Salão Dourado do Teatro Municipal de São Paulo.

O segredo? Ir além do produto e focar na experiência. “As pessoas não saem para ir a um restaurante por que têm fome. Elas não saem para beber por que têm sede. Elas não saem para boates só para dançar. Elas fazem isso porque querem se encontrar com outros humanos”, diz Guerra. “Eu nunca construo produto; eu sempre monto experiência e sempre tento construir memória.”

Além de inspiradora, a história de Facundo Guerra vai ao encontro de uma das bandeiras defendidas pela Aramis: “Sinta-se confiante para compartilhar, se expressar genuinamente e se tornar a melhor versão de si mesmo. Acreditamos que a única forma de ser único é ser real”, defende a marca.

Gostou? Então confira, nesse vídeo exclusivo, um pouco mais sobre a trajetória de Facundo Guerra.