Live icon 

ELEIÇÕES 2022:  

Lula e Bolsonaro vão disputar o segundo turno Veja agora.

LG lança smartphones da linha K11 para rivalizar com Moto G6

Smartphone será principal aposta da marca para aumentar o volume de vendas em 2018
 (LG/Divulgação)
(LG/Divulgação)
L
Lucas Agrela

Publicado em 24/07/2018 às 09:00.

Última atualização em 24/07/2018 às 09:00.

São Paulo – A LG traz ao mercado novos smartphones para o segmento intermediário, no qual rivaliza com Asus, Motorola e Samsung. No total, são quatro novos produtos: K11+, K11 Alpha, Q Note+ e Q7+. Os aparelhos, que têm sistema Android, chegarão ao mercado em agosto e estarão disponíveis tanto nas operadoras de telefonia quanto nas redes de varejo.

Entre os lançamentos, o K11+ é novo rival do Moto G6. Vendido por 1.199 reais, ele tem 32 GB de memória, 3 GB de RAM, acabamento em metal, processador octa-core, tela HD de 5,3 polegadas, leitor de impressões digitais e rádio FM.

LG-K11+

K11+: aparelho é a aposta da LG para 2018 (LG/Divulgação)

Já o Alpha é mais modesto. Ele tem revestimento em plástico, 16 GB de memória e 2 GB de RAM, ainda que mantenha a câmera frontal com 100 graus de amplitude de captura de selfies. Seu preço sugerido é de 999 reais.

De acordo com Marcelo Souza, gerente de produtos de celular da LG, a linha K é a principal em termos de volume de vendas para a marca. Ela vende mais do que todas as outras, como a Q e a topo de linha G, da qual faz parte o recente LG G7 ThinQ.

A linha Q é mais avançada do que a linha K no portfólio de produtos da LG. O Q Note+ será vendido por 2.399 reais, enquanto o Q7+ sairá por 1.999 reais. Eles fazem frente a produtos mais robustos, como o Samsung Galaxy A8 ou o Moto G6 Plus. Como diferenciais, eles possuem a proteção IP68, que os torna resistentes à água, e tela FullVision, com proporção 18:9, assim como os novos Moto Gs.

LG-Q7-Plus

Q7 Plus: smartphone tem tela Full Vision (LG/Divulgação)

Com preços mais altos do que os da família K, a LG irá voltar seus esforços com a linha Q para as parcerias com operadoras para que os consumidores tenham acesso a promoções vinculadas a planos de voz e internet.

LG V35

O novo smartphone topo de linha da LG, acima até mesmo do G7 ThinQ, é o V35. Anunciado recentemente, o produto tem preço estimado de 4.999 reais, sendo assim, o Android mais caro do mercado atual. O preço, porém, ainda pode sofrer alteração.

Smartphone-LG-V35-ThinQ

V35: smartphone tem tela OLED de 6 polegadas (Lucas Agrela/Site Exame)

Em um primeiro momento, o V35 será vendido somente nas lojas de LG, e outros canais serão avaliados ao longo de 2018. "Queremos que o usuário tenha a experiência de uso com os nossos smartphones de forma mais plena", declarou Souza, em entrevista a EXAME. O produto chegará ao mercado no final de agosto deste ano.

Smart TVs

Com presença na Eletrolar Show, maior feira de eletrônicos B2B da América Latina, a LG também lançou TVs que chegam ao varejo a partir do fim deste mês.

Os aparelhos topo de linha são os SK8500PSA, disponíveis em tamanhos de 55 ou 65 polegadas, com resolução 4K e tecnologia de pontos quânticos. Apesar de o OLED ser o principal tipo de painel da marca, esses produtos são LCD com recursos que tornam a experiência superior à de um televisor normal. A tecnologia Nano-Cell oferece a visualização de imagens com distribuição uniforme de pontos quânticos diretamente no painel, o que, garante a marca, ajuda na fidelidade de cores. Há também o controle de iluminação por faixas de LED. São 96 contra 12 das usadas pela concorrência. Isso ajuda, por exemplo, a evitar que outras cores vazem para fundos pretos, prejudicando a reprodução fiel da imagem filmada. O som também chega com tecnologia DTS para uma experiência de alta resolução de áudio.

LG-Super-UHD

(LG/Divulgação)

Os preços das TVs da LG 6.199 reais e de 10.599 reais, respectivamente, para os tamanhos de 55 e 65 polegadas.

A linha UHD 4K também tem novidades. Com quatro modelos, disponíveis em um total de 12 opções de diferentes tamanhos (de 43 a 86 polegadas), a linha tem recursos de inteligência artificial para usar o Google Assistente com comandos de voz em português (algo exclusivo no Brasil), tecnologia de áudio de alta qualidade e HDR, que melhora brilho e contraste das imagens. Os preços vão de 2.799 reais (43 polegadas) a 36.999 reais (86 polegadas).

Aparelhos Full HD e HD também chegam ao mercado neste semestre. Com opções de 43 e 49 polegadas, os televisores podem ter acesso aos recursos de inteligência artificial das TVs 4K, mas precisam de um controle remoto específico que será vendido separadamente a partir de agosto, com preço estimado de até 250 reais. O novo modelo HD tem apenas opções de 32 polegadas com acabamento em preto ou branco, que vêm com sistema Web OS, assim como as demais TVs da fabricante.

Ar condicionado

Até novos produtos do segmento de ar condicionado deram as caras na Eletrolar Show. Os aparelhos serão vendidos com preços a partir de 2.049 reais ainda neste ano e contam com uma tecnologia de rotores duplos, para aumentar a eficiência energética e reduzir o ruído de funcionamento. Serão dois modelos para o mercado de consumo, chamados Dual Inverter, Dual Inverter ArtCool, e um para o mercado corporativo, o Dual Inverter Power.

Ar-condicionado-LG-2018-

(Lucas Agrela/Site Exame)

A marca informa que os produtos são 10% mais econômicos do que a geração Inverter e garante que o consumidor recupera o valor da compra dos produtos após dez meses de uso, se antes ele tiver em casa um produto sem a tecnologia Inverter.

LG Styler

Se você odeia passar suas roupas, a LG tem um produto interessante para você. Em 2019, a marca trará ao país o LG Styler, um guarda-roupas que usa vapor para tirar vincos de dobras das roupas e até mesmo fazer higienização rápida de peças como casacos, ternos, calças, blusas ou mesmo roupas de bebê.

LG-Styler

(LG/Divulgação)

Há quatro modos principais de operação e novos perfis para cada um deles pode ser baixado via smartphone. A integração com o celular também permite a ativação do Styler à distância, um recurso de conveniência. Seu preço sugerido é estimado pela marca em 12.999 reais. Por ora, não há nada semelhante no portfólio de empresas de tecnologia no Brasil.