Tecnologia

ITS-Rio vence prêmio do Google para ONGs e ganha R$ 1,5 mi

Premiado como melhor iniciativa da Região Sudeste, o centro de pesquisas independente recebeu o prêmio para a criação de uma plataforma para debate


	Premiação: outras quatro iniciativas foram premiadas pelo Google, a Vetor Brasil, Arredondar, IPAM Amazônia e Transparência Brasil
 (Divulgação / Facebook)

Premiação: outras quatro iniciativas foram premiadas pelo Google, a Vetor Brasil, Arredondar, IPAM Amazônia e Transparência Brasil (Divulgação / Facebook)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de junho de 2016 às 17h12.

São Paulo - O Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS-Rio) foi um dos vencedores da quinta edição do Desafio de Impacto Social, prêmio do Google que valoriza organizações não-governamentais (ONGs) que utilizam tecnologia para mudar o dia-a-dia das pessoas.

Premiado como melhor iniciativa da Região Sudeste, o centro de pesquisas independente recebeu um prêmio de R$ 1,5 milhão para a criação de uma plataforma que busque promover o debate e a criação de políticas públicas.

A meta é criar um ambiente que consiga recriar experiências anteriores dos próprios membros do ITS-Rio - entre eles, o advogado Ronaldo Lemos e o professor de Direito da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, Carlos Affonso de Souza, que atuaram ativamente na construção do Marco Civil da Internet, uma das primeiras leis brasileiras construídas de forma colaborativa com o apoio da rede.

Premiação

Mais de mil ONGs participaram do prêmio, que teve em seu júri personalidades como a Atriz Regina Casé e a artista plástica Adriana Varejão, além de Jacqueline Fuller, diretora do Google.org.

Além do ITS-Rio, outras quatro iniciativas foram premiadas pelo Google: Vetor Brasil (que conecta jovens a cargos públicos), Arredondar (que transforma compras em oportunidades de doação para ONGs), IPAM Amazônia (para auxiliar comunidades indígenas a se adaptar a mudanças climáticas) e Transparência Brasil (que monitora gastos públicos em infraestrutura escolar) - esta última, escolhida pelo voto popular.

Acompanhe tudo sobre:cidades-brasileirasEmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaGoogleMetrópoles globaisONGsRio de JaneiroTecnologia da informação

Mais de Tecnologia

A resposta da China para os bloqueios dos EUA: US$ 47 bilhões para autossuficiência em chips

Que música está tocando? Veja 5 formas de descobrir

Lei que regula pesquisa clínica com seres humanos é sancionada após nove anos de tramitação

Drones brasileiros: Psyche Aerospace recebe aporte de R$ 15 milhões para drone agrícola autônomo

Mais na Exame