iPad chega a 18 países até julho; Brasil não está na lista

Nos primeiros nove países, encomendas poderão ser feitas a partir de segunda-feira (10)
Todas as versões do aparelho serão lançadas simultaneamente no mercado internacional (.)
Todas as versões do aparelho serão lançadas simultaneamente no mercado internacional (.)
C
Célio YanoPublicado em 07/05/2010 às 18:19.

São Paulo - A Apple anunciou hoje que até julho, o iPad estará disponível oficialmente para os consumidores de mais dezoito países. Os primeiros nove mercados que recebem o produto já a partir do dia 28 de maio são Austrália, Canadá, França, Alemanha, Itália, Japão, Espanha, Suíça e Reino Unido.

Segundo a empresa, todas as versões do aparelho serão lançadas simultaneamente no mercado internacional - Wi-Fi e Wi-Fi + 3G de 16, 32 ou 64 GB - e as encomendas nesses países já poderão ser feitas a partir de segunda-feira (10).

Os outros nove países nos quais o produto chegará a partir de julho são Áustria, Bélgica, Hong Kong, Irlanda, Luxemburgo, México, Holanda, Nova Zelândia e Singapura.

Para os brasileiros ansiosos para ter o iPad, por enquanto a única novidade é que nos próximos meses será possível comprar o tablet em outros países além dos Estados Unidos. Segundo a assessoria de imprensa da Apple no Brasil, ainda não há nenhuma previsão da entrada do gadget no mercado brasileiro.

Nos Estados Unidos, a Apple já vendeu mais de um milhão de iPads e os usuários do produto já baixaram mais de 12 milhões de aplicativos da App Store, além de comprar mais de 1,5 milhões de livros digitais da iBookstore.

Leia outras notícias sobre o iPad.