Tecnologia

Courtney Love diz ter achado avião perdido da Malásia

Ponto ficaria a cerca de 1,5 Km de distância do último analisado por equipes de busca

Imagem de Courtney Love "encontrando" avião: segundo Courtney, que na postagem diz não ser “nenhuma expert” no assunto, as coordenadas são 5°39’08.5” norte e 98°50’38.0” leste (Reprodução/Internet)

Imagem de Courtney Love "encontrando" avião: segundo Courtney, que na postagem diz não ser “nenhuma expert” no assunto, as coordenadas são 5°39’08.5” norte e 98°50’38.0” leste (Reprodução/Internet)

DR

Da Redação

Publicado em 22 de março de 2014 às 12h15.

São Paulo - A iniciativa da empresa americana DigitalGlobe, de envolver internautas na busca pelo avião do voo MH370, pode ter surtido algum efeito. A cantora Courtney Love, conhecida por ser a viúva de Kurt Cobain, publicou nesta segunda-feira uma foto em seu Facebook, dizendo que pode ter localizado a aeronave no mar com a ajuda da ferramenta.

A instrutiva imagem mostra uma aparente mancha de óleo no mar, apontada por três flechas vermelhas claramente feitas no Paint. Outra seta, indicando o avião (“Plane”), aparece logo abaixo, mas não mostra nada além de água. Segundo Courtney, que na postagem diz não ser “nenhuma expert” no assunto, as coordenadas são 5°39’08.5” norte e 98°50’38.0” leste. O ponto ficaria a cerca de 1,5 Km de distância do último analisado por equipes de busca.

Mas por mais séria que a cantora esteja em relação à foto, ninguém nos comentários pareceu levá-la da mesma forma. Tanto que a resposta mais curtida é de um descrente, e a segunda faz piada com a montagem tosca: “Quais as chances de o avião ter pousado bem ao lado de um sinal vermelho apontando ‘avião’ ou mesmo de uma seta?”.

De qualquer forma, dada a proximidade com o local inicial da busca, é provável que a foto não indique nada, e a tal mancha vista por Cortuney seja uma mera falha na imagem. O avião da Malaysia, que sumiu na última semana com 239 pessoas a bordo, segue desaparecido, e 25 países estão envolvidos na busca. No entanto, a demora em encontrá-la alimenta ainda mais as teorias da conspiração, que relacionam o desaparecimento com sequestro aéreo, abdução e outras possibilidades surreais.

Acompanhe tudo sobre:acidentes-de-aviaoAviõesCelebridadesInternetMalaysia AirlinesTransportesVeículosVoo MH370

Mais de Tecnologia

TikTok passa a testar vídeos de 60 minutos e acirra disputa com YouTube

Como tirar o online do WhatsApp no Android? Confira o tutorial no app

Como escanear documentos no seu smartphone sem instalar nada

Como descobrir uma fonte a partir da imagem pela internet

Mais na Exame