Comércio eletrônico alcança 51,3 mi de consumidores no Brasil

De acordo com os dados, somente em 2013, 9,1 milhões de pessoas compraram online pela primeira vez.
 (Getty Images)
(Getty Images)
M
Monica CampiPublicado em 12/03/2014 às 11:38.

Os consumidores brasileiros estão cada vez mais ampliando suas opções de compra para a internet. Segundo dados da E-bit, 51,3 milhões de pessoas já utilizaram a web ao menos uma vez para adquirir um produto. 

Os números fazem parte do balanço de e-commerce Webshoppers, divulgado nessa quarta-feira (12). De acordo com os dados, somente em 2013, 9,1 milhões de pessoas compraram online pela primeira vez. 

Os dados representam um crescimento de 28% no comércio eletrônico em comparação ao ano passado, alcançando um faturamento de 28,8 bilhões de reais. Além disso, houve também um aumento de 32% nos pedidos de compras online, chegando a 88,3 milhões.

Segundo a E-bit, a popularização da banda larga móvel ajudou nesse crescimento do consumo online ao longo dos anos. Em 2013, a Black Friday foi responsável por gerar mais de 770 milhões em receitas num único dia — mas em contrapartida, o gasto médio por cada consumidor caiu 4,4% e ficou em 327 reais. 

Entre os setores mais vendidos está a categoria de “Moda & Acessórios”, seguida por “Cosméticos e Perfumaria / Saúde”, “Eletrodomésticos”, “Livros”, “Telefonia”, “Casa e Decoração”, “Eletrônicos”, “Esportes” e “Brinquedos e Games”. 

Para 2014, a expectativa é de crescimento de 20% com relação a 2013, com um faturamento estimado de 34,6 bilhões de reais. 

Mobile Commerce - As compras por meio de dispositivos móveis ganharam força no último ano. Em janeiro de 2013, esta modalidade correspondia a 2,5% de todas as vendas online. Ao final do mesmo ano, já representava 4,8%. Segundo a E-bit, a tendência é de crescimento deste formato, que deve alcançar uma participação de 10% do mercado em 2015.

Trocas e devoluções - Um ponto negativo para as empresas de e-commerce é a dificuldade em lidar com trocas e devoluções de produtos. 47% dos consumidores passaram a comprar menos pela internet por este motivo. Dos entrevistados, 18% não conseguiram devolver um produto. Para troca, 17% disseram não terem conseguido. 

Expectativas - Para 2014 o cenário do e-commerce é de constante crescimento. Novamente, mais de 9 milhões de pessoas devem realizar uma compra online pela primeira vez, elevando o número de consumidores virtuais únicos em 60 milhões. A quantidade de pedidos também deve crescer 26% em relação a 2013 e alcançar 111,54 milhões.