A página inicial está de cara nova Experimentar close button

Até 2016, 236 milhões de residências terão TVs 3D no mundo

Expectativa é de penetração em 16,9% das residências

São Paulo - O esforço dos fabricantes de integrar a tecnologia 3D em um número cada vez maior de TVs, principalmente nos modelos conectados e de LED, deve fazer com que a penetração de aparelhos com a capacidade de exibir conteúdos em 3D passe dos 0,2% registrados mundialmente em 2010, cerca de 2,9 milhões de residências, para 16,9% de penetração em 2016, totalizando 236,2 milhões de domicílios com TVs 3D.

Mas esse crescimento não deve ser acompanhado pelo consumo de conteúdos 3D, pelo menos não até que a tecnologia evolua o suficiente para promover uma experiência tridimensional mais próxima do natural, sem a necessidade de óculos. A análise é parte do estudo “Global 3D TV Forecast”, divulgado nesta terça, 21, pela Informa Telecoms & Media.

O relatório estima que dos 236,2 milhões de residências com TVs preparadas para exibir conteúdos 3D em 2016, apenas um terço, (78,5 milhões de domicílio) consumirão efetivamente esse tipo de conteúdo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também