Tecnologia

Apple libera iOS 8.0.2 e surgem primeiros apps com HealthKit

A Apple liberou uma correção para as falhas do iOS 8. Isso permitiu o aparecimento de apps que empregam o novo sistema de saúde HealthKit


	iOS 8: a atualização 8.0.2 já está disponível para instalação no iPhone e no iPad
 (Divulgação)

iOS 8: a atualização 8.0.2 já está disponível para instalação no iPhone e no iPad (Divulgação)

Maurício Grego

Maurício Grego

Publicado em 26 de setembro de 2014 às 11h44.

São Paulo -- Depois do fiasco do iOS 8.0.1 – a atualização do sistema iOS que a Apple liberou na quarta-feira e se apressou em cancelar por causa dos bugs – a empresa está corrigindo os problemas por meio de uma nova atualização, o iOS 8.0.2.

O software já está disponível para instalação no iPhone, no iPad e no iPod Touch. Com cerca de 75 MB, a atualização demorou 10 minutos para ser baixada e instalada num iPhone 5s aqui em EXAME.com. 

Ela corrige as falhas causadas no iPhone 6 e no iPhone 6 Plus pela atualização anterior. Nesses smartphones , o iOS 8.0.1 desligava tanto o acesso à rede celular como o sensor de impressões digitais Touch ID.

Além disso, a nova atualização resolve diversos problemas do iOS 8 original. Um deles é o não funcionamento do sistema de monitoração de saúde HealthKit. 

Esse bug vinha impedindo o lançamento dos novos apps que foram criados para usar esse recurso do iOS 8. Agora, esses apps estão sendo liberados na App Store.

Um dos primeiros é o FitPort, que funciona como um painel alternativo para a visualização de dados de condicionamento físico. Outros apps devem aparecer na App Store nas próximas horas.

Para instalar o iOS 8.0.2, abra o app Ajustes e toque em Geral e, depois, em Atualização de Software.

Acompanhe tudo sobre:#failAppleCelularesEmpresasEmpresas americanasempresas-de-tecnologiaiOSiPadiPhoneiPodSmartphonesSoftwareTabletsTecnologia da informação

Mais de Tecnologia

Meta ajusta projeções financeiras e planeja aumentar gastos em 2024

União entre Republicanos e Democratas contra o TikTok mostra o quão difícil é banir um aplicativo

Google proíbe impulsionamento de conteúdo político para as eleições de 2024 no Brasil

Android é melhor que Apple? Para o consumidor chinês, sim

Mais na Exame