Tecnologia

Amazon supera estimativas de vendas no segundo trimestre

Em balanço divulgado nesta quinta-feira, 30, Amazon revela que ações subiram 65%

Amazon: empresa divulga balanço um dia após audiência das big techs (NurPhoto / Colaborador/Getty Images)

Amazon: empresa divulga balanço um dia após audiência das big techs (NurPhoto / Colaborador/Getty Images)

R

Reuters

Publicado em 30 de julho de 2020 às 18h08.

A Amazon superou as estimativas de receita trimestral de Wall Street nesta quinta-feira e prevê vendas no trimestre atual acima das projeções, com a crise desencadeada pelo coronavírus provocando um aumento nas compras em sua plataforma e elevando a demanda por seus serviços em nuvem.

As ações da empresa, que subiram cerca de 65% este ano, avançavam 4% no after-market. Varejistas online têm registrado aumento na demanda, com as medidas de isolamento social por causa da pandemia do Covid-19 resultando em menos compras em lojas físicas.

A empresa estima vendas líquidas de 87 bilhões a 93 bilhões de dólares para o terceiro trimestre. Analistas esperavam, em média, receita de 86,34 bilhões de reais, segundo a Refinitiv.

Os serviços em nuvem da Amazon também tiveram forte demanda, pois as empresas mudaram para escritórios virtuais devido à disseminação da pandemia. A receita da Amazon Web Services (AWS), que vende armazenamento de dados e poder de computação na nuvem, subiu quase 29%, para 10,81 bilhões de dólares.

As vendas líquidas subiram para 88,91 bilhões de dólares no trimestre, ante 63,4 bilhões de dólares, superando estimativas de 81,56 bilhões de dólares, segundo dados IBES da Refinitiv.

Acompanhe tudo sobre:Amazon

Mais de Tecnologia

A resposta da China para os bloqueios dos EUA: US$ 47 bilhões para autossuficiência em chips

Que música está tocando? Veja 5 formas de descobrir

Lei que regula pesquisa clínica com seres humanos é sancionada após nove anos de tramitação

Drones brasileiros: Psyche Aerospace recebe aporte de R$ 15 milhões para drone agrícola autônomo

Mais na Exame