Procon-SP notifica 284 estabelecimentos por aumento da cesta básica

Segundo o Procon, caso seja identificado um aumento desproporcional nos valores cobrados, as empresas vão responder a processo administrativo

O Procon-SP notificou 284 estabelecimentos comerciais suspeitos de praticar abusos no preço de itens que compõem a cesta básica. O órgão solicitou que sejam apresentadas notas fiscais de compra e venda dos produtos no intuito de apurar eventual aumento injustificado dos valores cobrados. Os dados, divulgados nesta terça-feira (22), se referem a ações do Procon no período de 14 a 21 de setembro.

A operação, sem data para acabar, investiga, dentre outros, o preço do arroz, do óleo de soja e de carnes vermelhas como patinho, coxão mole, coxão duro e contrafilé.

Segundo o Procon, até o momento, os maiores valores praticados na capital foram: R$ 27,90 o arroz tipo 1 (pacote de 5 quilos); R$ 7,73 o óleo de soja (embalagem de 900 mililitros); R$ 47,69 o quilo do patinho; R$ 55,61 o quilo do coxão mole; R$ 53,11 o quilo do coxão duro; e R$ 64,99 o quilo do contrafilé. Em cidades do interior, os maiores preços registrados foram: R$ 34,90 no arroz tipo 1 (pacote de 5 quilos) e R$ 8,59 no óleo de soja (900 mililitros).

De acordo com o órgão, caso seja identificado um aumento desproporcional nos valores cobrados, as empresas vão responder a processo administrativo.

Para denunciar preços abusivos, o consumidor pode utilizar o site do Procon-SP (www.procon.sp.gov.br) ou as redes sociais, marcando @proconsp no Twitter e indicando o endereço ou o site do estabelecimento.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.