Consórcio: como sacar a carta de crédito em dinheiro na pandemia

Embracon, Santander, BB, Sicredi e Porto Seguro já retiraram prazo de carência e seguem circular do BC

Um mês após a divulgação da circular 4.009 pelo Banco Central, quase todas as grandes administradoras de consórcio do país já possibilitam o saque da carta de crédito quitada em dinheiro, sem a necessidade de o consorciado cumprir o prazo de carência de 180 dias.

A circular visa diminuir os efeitos da crise provocada pelo novo coronavírus, entre eles a dificuldade de encontrar imóveis novos no isolamento e necessidade de recursos financeiros.

A BB Consórcios possibilita aos consorciados o recebimento do crédito em espécie. O pedido pode ser feito pelos canais digitais, pelo WhatsApp (61) 4004-0001 e Central de Atendimento BB (0800-729-0001). O prazo para pagamento é de até três dias úteis após o registro da solicitação.

No Sicredi, associados que possuem cotas de consórcio contempladas quitadas ou que irão quitar o saldo devedor são orientados a procurarem as centrais digitais de atendimento ou respectivos gerentes para sinalizar o interesse em receber o recurso ao invés de um bem ou serviço. Após a formalização do pedido, o valor é creditado em conta corrente do titular da cota de consórcio em até dois dias úteis.

A Porto Seguro já disponibilizou, exclusivamente para grupos inaugurados até 28 de abril, o pagamento do crédito em espécie, por meio de crédito em conta de depósitos ou em conta de pagamento de titularidade. A regra vale para consorciados que tenham sido ou serão contemplados até o dia 31 de dezembro. O pedido deve ser solicitado por meio dos canais de atendimento da administradora.

A administradora de consórcio também diz estar oferecendo redução de 25% no valor das parcelas até a contemplação para o consórcio de automóvel e consórcio sustentável. A diferença de valor será paga após a contemplação e a condição é válida até o dia 30 de junho.

O Bradesco se limita a dizer que seguirá as regras do Banco Central.

Já o Consórcio Honda declara que ainda está avaliando a flexibilização das regras, levando em consideração os regulamentos e contratos já estabelecidos para cada grupo de consórcio ativo.

O Itaú também ainda avalia a possibilidade de oferecer o saque em dinheiro de cartas de consórcios antes de 180 dias. 

O Santander também está permitindo ao cliente contemplado o resgate do saldo da carta de crédito em dinheiro, atendendo a norma do BC. São elegíveis a essas condições os clientes com cotas nos grupos inaugurados ou em formação até 28/04/2020 e constituídos até 31/12/2021. Para optar pelo recebimento em espécie, o cliente poderá acionar a central de atendimento e manifestar sua escolha.

Consorciados da Embracon e do UP Consórcios que tiverem suas cotas quitadas e contempladas até o fim de dezembro poderão receber o valor em dinheiro de forma imediata. A solicitação pode ser feita de forma bem simples, por meio dos canais de atendimento.

Demanda alta

Segundo Lorelay Lopes, head de operações do Up Consórcios, antes da circular a administradora recebia por volta de 20 pedidos de saque por dia, em média. Um mês após a medida, já recebemos 1.318 pedidos, um aumento de 400%. Já recebemos cerca de 90 por dia”.

Lorelay também conta que o lance de quitação se tornou mais comum. “Muitas vezes haviam pessoas que eram contempladas com a carta e esperavam o final do financiamento para receber em dinheiro. Hoje é mais comum darem um lance antes.”.

Outra forma de conseguir sacar o dinheiro é ofertar o lance com parte do crédito. A opção é oferecida por algumas administradoras, como a Embracon. Quem tem R$ 100 mil e quer dar lance de R$ 40 mil irá, nesse caso, tirar apenas R$ 20 mil do bolso e a metade restante é descontada do crédito, caso seja contemplado”.

EXAME Research — 30 dias grátis da melhor análise de investimentos

Muitos dos que não retiravam o dinheiro, apesar de contemplados, usam a modalidade como alavancagem financeira. Isso porque o consórcio dá rentabilidade maior do que a poupança, pois é corrigido pelo IPCA e IGPM, diz Márcio Kogut, CEO da Mycon, fintech de consórcio. “Entre eles há quem tenha pago 50%, 80% do consórcio. Agora, esses consorciados vão poder dar lance para pagar o restante porque sabem que vão receber dinheiro”. Kogut diz que em geral as administradoras permitem usar até 30% do crédito como lance de quitação.

A circular do BC também mudou o prazo de constituição do grupo de consórcio, que era de 90 dias, para 180 dias. O prazo para formação de grupos será reestabelecido a partir de 1º de dezembro. “Essa medida visa dar fôlego a quem acabou de entrar em um grupo ou vai entrar, já que a segunda parcela da cota poderá ser paga em 180 dias, e não 90 dias”, explica Kogut.

 

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.