hero_5 tendências para 2023 entre as franquias dos Estados Unidos, onde esse setor fatura R$ 4,2 trilhões

Franquias (Getty Images)

selo
Negócios

5 tendências para 2023 entre as franquias dos Estados Unidos, onde esse setor fatura R$ 4,2 trilhões

Veja as principais tendências apresentadas na Convenção da International Franchise Association (IFA) 2023, em Las Vegas

selo
Negócios

5 tendências para 2023 entre as franquias dos Estados Unidos, onde esse setor fatura R$ 4,2 trilhões

Veja as principais tendências apresentadas na Convenção da International Franchise Association (IFA) 2023, em Las Vegas

Franquias (Getty Images)

Por Isabela Rovaroto

Publicado em 24/03/2023, às 13:26.

Última atualização em 09/08/2023, às 16:31.

Os números impressionantes do mercado de franquias dos Estados Unidos

O mercado de franquias cresceu (e muito) em 2022. No Brasil, o faturamento superou 211 bilhões de reais e o número total de unidades chegou a 184,3 mil. O crescimento de 13,2% ao ano impressiona investidores, mas ao ser comparado com os números americanos, o bilionário mercado brasileiro mostra que ainda há cifras muito maiores a serem conquistadas.

No último ano, o mercado americano de franquias faturou 825 bilhões de dólares, cerca de 4,2 trilhões de reais. O número de estabelecimentos chegou a 805 mil. Em 2020, no pior momento da pandemia, o faturamento e o número de unidades encolheram, atingindo o patamar mais baixo muitos anos 677 bilhões de dólares e 753 mil unidades. Apesar da queda, a receita para o sucesso no mundo das franquias parece ser americana.

Durante a Convenção da International Franchise Association (IFA) 2023 em Las Vegas, realizada no início de março, as maiores redes de franquias do mundo se reuniram e apresentaram dados do setor, além de compartilharem tendências para este ano. A Associação Brasileira de Franchising (ABF) compartilhou nesta semana os principais pontos destacados por sua comitiva. O presidente da instituição, Tom Moreira Leite, elencou cinco lições e tendências para o franchise em 2023.

Faturamento mercado de franquias Brasil x Estados Unidos entre 2019 e 2023

Faturamento mercado de franquias Brasil x Estados Unidos entre 2019 e 2023 (Fonte: ABF/Divulgação)

1. Novos investimentos de fundos de private equity

O cenário macroeconômico é desafiador. Pela primeira vez em muitos anos, os Estados Unidos lidam com inflação, falta de mão de obra e alta de juros. Nesta semana, o Federal Reserve (Fed) elevou a taxa de juros americana para o intervalo entre 4,75% e 5,00%. Esta é a nona alta consecutiva de juros nos EUA.

O presidente da ABF explica que, com a escala de juros no mundo, os investidores que querem se tornar franqueados estão mais conservadores. Entretanto, os fundos de investimentos estão se interessando cada vez mais pelo mercado de franquias em função do bom desempenho apresentado nos últimos anos, apesar da pandemia.

"O franchising americano reconhece a relevância desses players para fazer com que a jornada das empresas continue em expansão".

2. Maior relevância da diversidade e sustentabilidade nas franquias

O debate sobre diversidade e sustentabilidade deve ganhar força entre as franquias em 2023 — pelo menos essa é a vontade expressada pelas instituições associados ao IFA em diversos painéis do evento.

"A preocupação com a agenda de diversidade e sustentabilidade é um reflexo da cobrança cada vez maior da sociedade. As empresas precisam se comprometer com a agenda de impacto positivo e isso deve ser exigido de forma cada vez mais pujante", diz Tom Moreira Leite.

Movimento similar ocorre na B3, que está adotando medidas mais duras para promover a  inclusão grupos pouco representados, como mulheres, pretos e pardos, pessoas com deficiência e integrantes da comunidade LGBTI+ dentro das empresas de capital aberto listadas na bolsa de valores brasileira.

Tom Moreira Leite, presidente da ABF

Tom Moreira Leite, presidente da ABF, durante evento pós IFA 2023

Veja também

3. Uso intensivo de inteligência de dados

A digitação das franquias promovida pela pandemia foi só o começo do uso de dados para o monitoramento de usuários. Cada vez mais ferramentas de inteligência artificial estarão acessíveis para franquias e o varejo em geral.

O desenvolvimento de áreas bem estruturadas para análise de métricas, os chamados KPIs, deve ser cada vez mais comum entre as franquias. Um exemplo citado pela ABF foi o Grupo Madero, que conta com monitoramento em tempo real de dados e um time robusto de analistas de dados.

Em artigo produzido por Marcelo Cherto para a EXAME, o consultor e sócio-fundador da ABF indica como o ChatGPT, ferramenta de inteligência artificial que ganhou os holofotes nos últimos meses, pode melhorar a eficiência da operação de uma franquia. Entre os principais feitos estão:

  • Melhorar a eficiência das operações dos pontos de venda;
  • Reduzir os riscos de furtos;
  • Aumentar a satisfação dos clientes;
  • Melhorar a comunicação entre os vários stakeholders;

4. Novos cuidados com recrutamento e treinamento de pessoas

Escolher bons franqueados é crucial para o bom desenvolvimento da rede. Cada vez mais, as redes são incentivadas a exigir mais critérios daqueles que almejam entrar para o mundo das franquias. Mais do que ter o montante do investimento inicial, é crucial saber recrutar, desenvolver e gerir pessoas. É importante que o franqueado tenha autonomia para propor novas soluções e que não seja totalmente dependente da franqueadora, diz o presidente da ABF.

"O processo de seleção de um franqueado deve incluir a capacidade de recrutar, desenvolver e motivar o time, criar relações em seu mercado e com a própria franqueadora", diz Tom Moreira Leite.

5. Métricas de performance dos franqueados

Como impulsionar o crescimento dos franqueados e atender suas demandas diárias é um desafio para grandes franqueadoras. Um dos pontos destacados na IFA 2023 é a organização de grupos de alta performance para além da criação de grupos regionais.

Ao reunir franqueados que estão no mesmo momento — como novos franqueados, multifranqueados, franqueados com faturamento similar —, a franqueadora consegue atender demandas muito semelhantes de forma mais efetiva e gerar mais interação entre as unidades.

Um case bem sucedido no Brasil citado pela ABF é a Casa do Construtor, que nos últimos anos apostou na criação de grupos de alta performance para impulsionar o crescimento da rede. Além de reunir franqueadores no mesmo estágio e gerar maior contato entre eles, a franqueadora estabelecer metas e premia as franquias mais engajadas.

"Precisamos entender que os grupos de performance de franqueados estão gerando engajamento, colaboração, eficiência nas gestões da rede”, diz presidente da ABF.

Compartilhe este artigo

Tópicos relacionados

Veja também

Cantor Sean Kingston é preso após operação da SWAT em sua mansão
Pop

Cantor Sean Kingston é preso após operação da SWAT em sua mansão

EUA podem levar mais tempo do que outros países para voltar à meta de 2%, diz membro do Fed
Economia

EUA podem levar mais tempo do que outros países para voltar à meta de 2%, diz membro do Fed

Qual seria o impacto do programa econômico de Donald Trump nos EUA?
Mundo

Qual seria o impacto do programa econômico de Donald Trump nos EUA?

Quais são as cidades mais baratas para morar nos Estados Unidos?
Mundo

Quais são as cidades mais baratas para morar nos Estados Unidos?