Pop

Vestibular: Confira 5 dicas para estudar para as provas do meio do ano

O ensino remoto tem se mostrado uma alternativa viável, possibilitando aos estudantes se prepararem da melhor maneira possível

Vestibular: modalidade de estudos on-line  ganhou força nos últimos anos (fizkes/Getty Images)

Vestibular: modalidade de estudos on-line ganhou força nos últimos anos (fizkes/Getty Images)

Edicase
Edicase

Agência de notícias

Publicado em 12 de junho de 2023 às 21h43.

Aproxima-se mais uma vez o período dos vestibulares do meio do ano, momento crucial para estudantes que buscam ingressar em universidades e instituições de ensino superior. A modalidade de estudos on-line, por sua vez, ganhou força nos últimos anos. Por causa disso, o ensino remoto tem se mostrado uma alternativa viável, possibilitando aos estudantes se prepararem da melhor maneira possível para as provas que se aproximam. No entanto, estudar em casa, de forma on-line, requer disciplina e organização.

Vantagens das aulas on-line

Uma alternativa para superar esses obstáculos são os cursos on-line oferecidos por plataformas digitais, que proporcionam aulas de qualidade a preços acessíveis. “As aulas online trazem diversas vantagens porque o estudante consegue fazer o próprio cronograma de estudos sem sair de casa, tornando-se protagonista do seu ensino […]”, avalia o professor Michel Arthaud, docente da Plataforma Professor Ferretto e mantém o canal no YouTube Café com Química.

Se prepare para as provas

Abaixo, o professor Michel Arthaud destaca 5 dicas essenciais para você tirar melhor proveito dos estudos on-line para as provas do meio do ano e para o Enem:

1. Crie uma rotina de estudos

É fundamental que o estudante seja organizado e tenha disciplina ao estudar on-line. Para isso, é preciso criar uma rotina de estudos e equilibrá-la com outros compromissos e atividades, como o lazer, que também é essencial no dia a dia.

“Trace um cronograma, faça planos, definindo as tarefas de maneira específica, com data e horas de estudo marcadas para cumpri-las, e siga esse plano à risca. Eu acredito muito que, quando colocamos um prazo certo para determinada atividade, nossa produtividade aumenta”, explica Arthaud.

2. Prepare o ambiente de estudo

O ambiente favorável é um fator muito importante na hora de estudar. Tudo ao redor impacta a concentração do aluno e, consequentemente, o rendimento. No caso do estudo on-line, além de ser necessário ter acesso à internet, é fundamental que o local seja tranquilo, tenha uma estrutura adequada e uma boa iluminação.

“Quem estuda em casa deve procurar um lugar reservado e combinar com seus familiares ou outras pessoas que frequentem o mesmo ambiente para evitar interrupções durante o horário de estudo. Além disso, nada de estudar com a TV ligada, música ao fundo, celular com o som alto e com mensagens apitando a todo instante, ou qualquer outro fator que irá tirar a sua concentração“, alerta.

Elaborar resumos para os temas das provas é uma boa técnica de estudo (Imagem: insta_photos | ShutterStock)

3. Tenha foco e “conheça” cada prova

Para uma rotina de estudos dar certo, além de um bom cronograma, é necessário concentrar-se especificamente naquilo que estiver revisando. “Anote tudo, esteja com todos os materiais necessários, faça resumos e exercícios práticos enquanto estuda, se empenhe e, se for preciso, grave a matéria no celular. Além disso, deixe outras preocupações, planos e pensamentos para outro momento. Pense como toda a atenção e esforço dedicados ao aprendizado compensarão futuramente”, aconselha.

Ademais, os editais dos vestibulares são um bom recurso para saber o que vai cair na prova. “Minha dica é: leia sempre o edital de um vestibular. Lá você saberá, literalmente, tudo o que vai cair na prova e, assim, poderá se preparar para o exame, estudando de maneira assertiva e efetiva”, comenta o professor.

4. Acompanhe sua evolução

Quando se estuda on-line, ainda que o aluno passe horas e horas em frente ao computador, de nada adianta se ele não acompanhar o seu rendimento e verificar se, de fato, aprendeu ou não o que está estudando.

“Você precisa progredir enquanto estuda. Do contrário, perderá tempo. Reveja o conteúdo, refaça os exercícios se for necessário, leia muito e pesquise sobre o assunto, aplicando também na prática o que aprendeu na teoria. E procure verificar sempre sua evolução“, ensina o professor.

5. Planeje uma recompensa

Além de todas as dicas anteriores, o professor Michel ainda dá mais uma ideia, válida como um “bônus” para o estudante. Segundo ele, recompensar a si mesmo por cada objetivo atingido nos estudos pode ser um poderoso motivador.

“Recompensas simples, terminar os estudos 15 minutos antes ou mesmo uma checada rápida nas redes sociais – ou seja, fatores que costumam atrapalhar os estudos – podem se tornar uma motivação para que você siga em frente”, finaliza.

Acompanhe tudo sobre:VestibularesEducaçãoEnsino superior

Mais de Pop

Shows de Taylor Swift provocam terremotos na Escócia; entenda

Só Track Boa acontece neste fim de semana; saiba como curtir o festival sem sair de casa

D23 Brasil: venda geral de ingressos para feira da Disney começa nesta sexta; veja ingressos

Skowa, do Trio Mocotó, morre aos 68 anos, em São Paulo

Mais na Exame