Kim Kardashian está legalmente separada de Kanye West

O juiz do Tribunal Superior de Los Angeles Steve Cochran aprovou a petição de Kardashian para encerrar o casamento por meio de um procedimento de bifurcação
 (Mario Anzuoni/Reuters)
(Mario Anzuoni/Reuters)
R
Reuters

Publicado em 02/03/2022 às 20:09.

Última atualização em 02/03/2022 às 20:14.

Um juiz de Los Angeles atendeu nesta quarta-feira ao pedido da estrela de reality show Kim Kardashian para ser declarada legalmente separada do rapper Kanye West após quase oito anos de casamento.

A empresária e estrela de "Keeping Up with the Kardashians" pediu o divórcio há um ano, citando diferenças irreconciliáveis ​​com West, que mudou legalmente seu nome para Ye. O casal tem quatro filhos com idades entre 2 e 8 anos.

West, de 44 anos, se opôs ao divórcio e apelou publicamente para que a esposa voltasse ao casamento. Em postagens recentes no Instagram, ele criticou o novo relacionamento dela com o ator de "Saturday Night Live" Pete Davidson.

O juiz do Tribunal Superior de Los Angeles Steve Cochran aprovou a petição de Kardashian para encerrar o casamento por meio de um procedimento de bifurcação, que permite uma mudança no estado civil enquanto outras questões são abordadas.

"O Tribunal concede a rescisão do estado civil", disse o juiz em uma determinação escrita emitida após uma audiência pública.

VEJA TAMBÉM

Após fim da série, Kardashians voltam à televisão em abril

Um representante de West não respondeu a um pedido de comentário.

West e Kardashian, 41, se casaram em maio de 2014, tornando-os um dos casais de celebridades mais comentados de Hollywood, popularmente conhecido como "Kimye".