Acompanhe:

Um garoto de 14 anos escorregou e caiu 30 metros de uma saliência na borda do Grand Canyon, nos Estados Unidos, durante uma viagem com a mãe. No entanto, ele surpreendeu a família após sobreviver ao acidente.

De acordo com as autoridades do Arizona, Wyatt Kauffman foi resgatado pelas equipes de emergência 2 horas depois de cair do penhasco.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo em primeira mão. Inscreva-se no Telegram da Exame

Ele teve nove vértebras quebradas, baço rompido, pulmão colapsado, concussão, mão quebrada e dedo deslocado. Em estado estável, o menino foi levado de avião para um hospital de Las Vegas, em Nevada, para tratamento das lesões.

Como aconteceu o acidente?

Em depoimento à emissora de televisão americana KPNX, Kauffman contou que despencou do rochedo enquanto estava apoiado em uma pedra.

"Eu estava na borda e estava saindo do caminho para que outras pessoas pudessem tirar uma foto. Eu me agachei e me segurei em uma pedra. Eu só tinha uma mão nela. Não foi uma pegada tão boa. Então foi meio que me empurrando. Perdi o controle e comecei a cair para trás".

O adolescente também explicou que se lembra de breves momento do resgate. Ele disse que, enquanto estava recuperando a consciência, acordou no banco de trás de uma ambulância, depois foi parar em um helicóptero; um avião e, por fim, no hospital.

Em nota, o Serviço Nacional de Parques dos EUA declarou que elaborou um resgate com corda até a trilha íngreme e estreita onde Wyatt Kauffman havia caído para erguê-lo com segurança até a borda.

“Os membros da equipe implementaram um resgate técnico com corda de alto ângulo e conseguiram retirá-lo com segurança”, disse o Serviço Nacional de Parques. Segundo o comunicado, Wyatt foi levado imediatamente para o centro de trauma pediátrico para mais cuidados.

O pai do adolescente, Brian Kauffman, estava em Dakota do Norte, onde ele e sua família vivem, quando soube da queda e foi para o hospital. Ele disse à imprensa local que o garoto e sua mãe estavam em uma viagem para visitar diversos parques nacionais.

Brian Kauffman também afirmou que o filho teve alta no fim de semana, e que seria levado de volta para casa.

"Temos sorte de trazer nosso filho para casa em um carro no banco da frente, em vez de em uma caixa", declarou.

As autoridades do Arizona informaram que, em média, as equipes de busca e resgate do Grand Canyon respondem a mais de 300 chamadas de serviço anualmente, variando de doenças causadas pelo calor a quedas como a que Wyatt Kauffman sobreviveu.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Haddad fala em parceria estratégica entre Brasil e Estados Unidos
Economia

Haddad fala em parceria estratégica entre Brasil e Estados Unidos

Há 5 horas

The Act: onde assistir online à verdadeira história bizarra de Gypsy Rose
Pop

The Act: onde assistir online à verdadeira história bizarra de Gypsy Rose

Há 7 horas

Chefes da Defesa de EUA e China se reúnem pela primeira vez em 18 meses
Mundo

Chefes da Defesa de EUA e China se reúnem pela primeira vez em 18 meses

Há 7 horas

Ela começou um negócio com US$ 1.000 num setor dominado por homens. Hoje, gere US$ 15 bilhões
seloNegócios

Ela começou um negócio com US$ 1.000 num setor dominado por homens. Hoje, gere US$ 15 bilhões

Há 8 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais