Como funciona o 'vestido de spray' usado por Bella Hadid?

A supermodelo surpreendeu o público da Paris Fashion Week ao ser pintada com líquido que vira tecido em segundos
Bella Hadid para a grife francesa Coperni em apresentação na Paris Fashion Week 2022 (Estrop/Getty Images)
Bella Hadid para a grife francesa Coperni em apresentação na Paris Fashion Week 2022 (Estrop/Getty Images)
L
Laura Pancini

Publicado em 07/10/2022 às 13:04.

Última atualização em 07/10/2022 às 13:05.

A supermodelo Bella Hadid surpreendeu o público da Paris Fashion Week ao ter um vestido pintado em seu corpo ao vivo no palco. A grife francesa Coperni utilizou a magia do tecido pulverizável, chamado Fabrican, e o vídeo do processo viralizou nas redes sociais.

Por cerca de três minutos, Hadid fica seminua na passarela enquanto dois homens pulverizam o que aparenta ser uma tinta branca pelo seu corpo. No final do vídeo, a modelo consegue abaixar as mangas do vestido -- que segundos antes era líquido -- e sair andando pela passarela.

Mas, como isso foi feito? O momento foi visto como a fusão entre moda e tecnologia, mas poucos sabem que o material para produzir o "vestido de spray" existe há 20 anos e não foi feito pela Coperni.

O Fabrican, criado pelo Dr. Manel Torres, é um líquido que contém algodão ou fibras sintéticas junto com uma solução pomérica, que evapora ao entrar em contato com a pele. Assim, a mistura líquida dentro da garrafa fica sólida ao tocar o corpo da modelo -- por isso o nome "tecido pulverizável".

“É nosso dever como designers tentar coisas novas e mostrar um futuro possível”, disse o diretor criativo da Coperni, Sébastien Meyer, à Vogue Business. O material pode ser reutilizado após a confecção de uma peça de roupa.

O vestido não pode ser vendido, então Meyer afirma que a intenção por trás da apresentação não foi o lucro. Mas o momento viral cativou os olhos de todos dentro e fora da Paris Fashion Week, o que é um ponto mais do que favorável para a marca francesa.

LEIA TAMBÉM: