Com cheque de R$15 mi, Sebrae e Bossanova vão investir em 50 startups

Nova ação irá selecionar pequenas empresas de todo o Brasil, que receberão investimentos de até R$ 300 mil

O Sebrae e o fundo de venture capital Bossanova Investimentos lançam nesta segunda-feira, 07, a ação Startup Invest Summit, projeto conjunto que pretende investir até 15 milhões de reais em 50 startups, de todas as regiões do país.

A partir de hoje e até o mês de setembro, os negócios podem se inscrever para o processo de triagem. Serão escolhidas 50 empresas, que terão seus nomes e valores aportados revelados durante o Startup Summit 2021, evento organizado pelo Sebrae que acontecerá em outubro deste ano. As selecionadas vão receber aportes de até 300.000 reais cada.

Todo o capital virá da Bossanova, que em troca, passará a deter um equity - ou participação acionária -  que varia de acordo com o valor investido e o valuation de cada uma das startups.

Como funciona a seleção

Segundo João Kepler, CEO da Bossanova, serão escolhidas empresas que apresentem certo equilíbrio nas contas, sem registrar prejuízo ou lucro. Além disso, serão priorizadas startups inovadoras, digitais e escaláveis, com modelos de negócio B2B ou B2B2C, com faturamento mínimo de 20.000 mensais e que estejam em fase de captação pré-seed ou seed.

Durante o processo de avaliação, as startups inscritas passarão por entrevistas e serão avaliadas por comitês técnicos com base em nove pilares estratégicos: time, perfil, escalabilidade, produto, modelo, marketing, mercado, vendas e financeiro. Os 50 negócios com o melhor desempenho serão divulgados no dia 25 de setembro.

“A missão da bossanova tem sido democratizar o investimento por todo o Brasil. Enxergamos no Startup Summit uma grande oportunidade de parceria para fazer algo inédito no país abrindo uma oportunidade de alcance nacional para empreendedores receberem investimento de uma banca de investidores especializados", diz Kepler.

A grande ambição do Sebrae é tornar o projeto na principal ação de investimentos em startups do país, segundo Bruno Quick, diretor técnico da instituição, que também reafirma a importância do incentivo financeiro às pequenas durante a pandemia. "A partir de ações como esta, em que recursos são aportados diretamente em startups, contribuímos para o desenvolvimento exponencial desses negócios. Neste contexto de pandemia, incentivar esse crescimento se torna um passo estratégico em prol da geração de emprego e renda em todo o país", diz.

Startups interessadas podem se inscrever, até dia 10 de setembro, no site do projeto.

Fique por dentro das principais tendências do empreendedorismo brasileiro. Assine a EXAME.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também