Pequenas empresas de SP devem fechar o ano com crescimento de 3,5%

Segundo o Sebrae, a indústria teve crescimento em outubro de 3,8%; o comércio, de 8%; e serviços, de 3,4%

São Paulo – As micro e pequenas empresas do estado de São Paulo devem fechar este ano com 3,5% de crescimento no faturamento em relação a 2010. De acordo com levantamento do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), divulgado hoje (21), o segmento registrou aumento de 5,8% no faturamento em outubro sobre o mesmo mês do ano passado.

A indústria teve crescimento em outubro de 3,8%; o comércio, de 8%; e serviços, de 3,4%. “Os resultados positivos no período, particularmente para os setores de comércio e serviços, foram influenciados pelo momento de mercado interno aquecido”, ressalta Bruno Caetano, diretor superintendente do Sebrae-SP.

O estudo mostra que a receita total das micro e pequenas empresas durante o mês de outubro foi de R$ 28,6 bilhões, R$ 1,59 bilhão (5,5%) a mais em relação a setembro de 2011 e R$ 1,56 bilhão (5,4%) a mais que outubro de 2010.

Segundo o levantamento do Sebrae, atualmente, as micro e pequenas empresas produzem 20% do Produto Interno Bruto brasileiro, são responsáveis por 67% das ocupações e correspondem a 99% das empresas do estado de São Paulo.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também