Estamos de cara nova! E continuamos com o conteúdo de qualidade.
Nova Exame

Oracle brasileira, Sankhya faz primeira aquisição após captar R$ 425 mi

A Sankhya oferece soluções de gestão empresarial (ERP) para companhias de médio porte, e agora busca pequenas companhias para crescer; incentivo veio após aporte de R$ 425 milhões do GIC, de Singapura

A Sankhya compete em um mercado de gigantes. A empresa brasileira oferece sistemas de gestão empresarial (o que o mercado chama de ERP), o mesmo que fazem as americanas Oracle e SAP e até mesmo a Microsoft. Mas, mesmo em meio a toda essa competitividade, a Sankhya já criou sua reputação, ao menos por aqui: são 45 unidades de negócio e 14.500 clientes, em 26 estados do país.

A inovação pode alavancar o seu negócio. Descubra o passo a passo para colocá-la em prática.

A trajetória de mais de 30 anos, porém, pode ser resumida pelo desempenho fora da curva em 2020. Dos 14.500 clientes ativos, 2.500 passaram a usar a Sankhya no último ano. O time de funcionários cresceu para mais de 1.900 pessoas no ano passado e a receita cresceu 20%, para mais de 200 milhões de reais. Já no primeiro semestre deste ano, as vendas duplicaram de tamanho.

Tudo isso esteve em linha com um investimento milionário que tornou esse crescimento possível. Também no ano passado, a empresa recebeu um aporte de 425 milhões de reais do fundo soberano GIC, de Singapura — agora sócio minoritário da empresa.

Agora capitalizada e debaixo de grande expectativas do fundo asiático, a empresa passou a olhar para além de seus limites físicos em busca de novas soluções e de um crescimento ainda maior. A Sankhya anunciou nesta quinta-feira, 25, uma nova aquisição. A companhia escolhida foi a mineira Neppo Tecnologia, de inteligência artificial para comunicação empresarial omnicanal.

“Esse investimento e o novo caminho que temos tomado nos traz muita alegria e convicção de que iremos crescer ainda mais em 2022”, diz Felipe Calixto, CEO da Sankhya.

A primeira aquisição após o investimento é um reflexo direto da busca por maior variedade nos serviços e, consequentemente, mais profissionalização, diz Calixto. “Todos esses anos serviram para mostrar que seremos melhores se a partir de agora encontrarmos empresas e soluções especialistas em determinados segmentos”. “O GIC nos pressiona positivamente para crescer nesse sentido”.

A base de empresas de médio e grande porte são maioria do portfólio. Entre elas estão a KIA Motors, Skala Cosméticos, Playkids, Start Química, Constance Calçados, Maxifarma e CCAA. Juntas, as usuárias da Sankhya movimentam mais de 400 bilhões de reais pela plataforma anualmente, e fazem isso a partir da emissão de notas fiscais, controle bancário, financeiro e contábil, gestão de recursos humanos, entre outros serviços.

Com a Neppo, a Sankhya passa a ter também uma solução de comunicação propriamente dita. As empresas poderão se comunicar com clientes, parceiros e colaboradores por canais digitais e chats como Whatsapp, Facebook, Messenger e Instagram.

Ao lado da Neppo e com o capital do GIC já em uso, o plano agora, segundo o CEO, é continuar crescendo, em faturamento e em vendas — o que incluiu novas aquisições (seis em 1 ano, para ser mais exato). “Nossa responsabilidade é ir ainda mais às compras”, diz Calixto. “Vamos atrás de empresas que tenham relação com o que buscamos entregar aos nossos clientes”.

Em 2022, a intenção da Sankhya é chegar aos 17.000 clientes e mais de 2.000 funcionários. Já neste ano, o faturamento esperado é de 240 milhões de reais. Para medir tudo isso, a Sankhya deve passar a apresentar números anuais sobre receita recorrente, principal indicador no modelo de negócios em que a Sankhya atua.

De 1 a 5, qual sua experiência de leitura na exame?
Sendo 1 a nota mais baixa e 5 a nota mais alta.

Seu feedback é muito importante para construir uma EXAME cada vez melhor.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 4,90/mês
  • R$ 14,90 a partir do segundo mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 129,90/ano
  • R$ 129,90 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 10,83 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Veja também