Finep vai se transformar em banco público

Informação é confirmada por assessor especial do MCT, Reinaldo Ferraz, durante evento do Sistema Sebrae

Brasília - A Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) vai virar um banco público. A informação é do assessor especial da Secretaria Executiva do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Reinaldo Ferraz.

Segundo ele, a instituição já tem a carta patente (um dos documentos necessários para a transformação) do Banco Central, mas ainda deve demorar cerca de três anos até que a mudança ocorra. “Há diversos ajustes de estrutura interna que a Finep precisa para poder operar como banco, captar dinheiro no mercado e emprestar na mesma modalidade que o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES)”, explicou.

A confirmação foi feita em palestra durante evento do Sistema Sebrae em Brasília. Ele participou de um painel sobre inovação e competitividade nas micro e pequenas empresas.

Na ocasião, apresentou um balanço das ações desenvolvidas pela Financiadora e adiantou medidas estabelecidas no Plano de Ação em Ciência, Tecnologia e Inovação de 2011 a 2014.

Segundo Reinaldo Ferraz, a transformação da Finep em banco público é uma das medidas voltadas para o que chama de novo padrão para financiar o desenvolvimento tecnológico e a inovação.

Ele relacionou entre as medidas previstas no plano o fomento e agilidade no processo de registro de patentes, o fortalecimento dos sistemas de inovação nas empresas, a criação de fundos setoriais, o aprimoramento e a ampliação dos incentivos fiscais.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.