Depois dos R$ 530 mi, Sólides compra Tangerino para ser all-in-one do RH

Aquisição da empresa de controle de pontos vem para criar plataforma "tudo em um" para a área de recursos humanos de PMEs do país; compra é a primeira desde aporte de R$ 530 milhões
Alessandro Garcia, Leonardo Barros e Mônica Hauck, fundadores da Sólides e Tangerino: aquisição vai criar plataforma "all in one" para RH de PMEs (Guilherme Barros/Divulgação)
Alessandro Garcia, Leonardo Barros e Mônica Hauck, fundadores da Sólides e Tangerino: aquisição vai criar plataforma "all in one" para RH de PMEs (Guilherme Barros/Divulgação)
M
Maria Clara DiasPublicado em 12/04/2022 às 10:00.

Menos de dois meses após receber um cheque de 530 milhões de reais e também o maior investimento em uma startup de recursos humanos na América Latina, a Sólides já foi às compras. Nesta terça-feira, 12, a HRTech anuncia a aquisição de 100% da Tangerino, startup de controle digital de pontos e jornada de trabalho.

Essa é a primeira aquisição da Sólides, uma startup de tecnologia voltada à gestão de recursos humanos em pequenas e médias empresas. Na visão da startup, o interesse por esse público se explica pela carência de soluções inteligentes do lado dos RHs e departamentos pessoais.

“As pequenas e médias são responsáveis hoje por mais de 70% das oportunidades formais de trabalho no Brasil e requerem uma solução cada vez mais completa”, diz a fundadora e co-CEO da Sólides, Mônica Hauck. “Este empreendedor procura uma plataforma que pense os subsistemas de RH e conecte também o departamento pessoal porque na PME é muito comum as duas disciplinas estarem sob uma mesma gestão, contribuindo de forma efetiva com a redução da complexidade, custo e com o aumento de performance dos times”.

O valor da aquisição não foi divulgado pela empresa. O que se sabe, porém, é que a compra vem em boa hora. Em fevereiro deste ano, a Sólides recebeu R$ 530 milhões com a gestora de private equity Warburg Pincus, um grupo com mais de 73 bilhões de dólares em ativos e que já apoiou grandes companhias como Petz, Sequoia Logística, Grupo GPS, Eleva Educação, Superlógica, Take Blip e Blu.

Como já antecipado pela empresa, os recursos estão sendo destinados a novas compras — a Sólides até mesmo estruturou uma área totalmente dedicada a fusões e aquisições. “Somos hoje a maior HRTech para PMEs do país e vamos liderar a  consolidação do segmento”, diz Mônica.

Jornada controlada

Fundada em 2013 pelo empreendedor Leonardo Barros, a Tangerino mira o departamento pessoal de empresas, com sistemas de gestão e controle de ponto digital e reconhecimento facial. Com a tecnologia da Tangerino, as empresas podem cruzar informações de jornada de trabalho com o sistema gerador de folha de pagamentos para evitar duplicidades ou a desconexão entre a quantidade de horas trabalhadas e o salário “real”, por assim dizer. Na plataforma da startup, mais de 2 milhões de pontos são registrados diariamente.

Com a Tangerino, a HRTech salta de 12.000 para mais de 20.000 clientes.  A longo prazo, a intenção é transformar a Sólides em uma plataforma “all in one” (tudo em um), para PMEs, com soluções que vão do RH ao departamento pessoal.

“Com a aquisição,  ampliamos nosso portfólio de soluções, atuando de forma ainda mais estratégica e como consolidadores das soluções verticais, Somos precursores em oferecer uma plataforma all in one para PMEs com a nossa metodologia exclusiva, e a chegada do Tangerino é um importante passo nessa direção. Com o novo incremento, vamos oferecer aos nossos clientes a forma mais completa de gestão de pessoas do mercado”, afirma Alessandro Garcia, co-CEO da Sólides.

Já do lado da Tangerino, a aquisição vem para acelerar o lançamento de novos produtos. Nos próximos meses, a startup deve inaugurar recursos de controle de férias, admissão e demissão, além de gestão eletrônica de documentos.