As empresas do Simples podem tomar crédito fiscal?

Esse pode ser um bom motivo para repensar quando vale ou não permanecer no Simples, afirma o especialista

As pequenas empresas enquadradas no Simples Nacional podem tomar crédito fiscal de tributos?
Respondido por Alexandre Galhardo, especialista em tributos

São Paulo - As PMEs enquadradas no Simples Nacional, por estarem num regime diferenciado de tributação, não têm direito a lançar em sua apuração nenhum crédito fiscal de tributos, mas também não precisam fazer destaque dos tributos em seu faturamento, com exceção do da substituição tributária de ICMS.

Independente do destino das mercadorias adquiridas, as pequenas e médias empresas não têm que se preocupar na forma como irão escriturar essas mercadorias no que diz respeito ao direito ao crédito fiscal de ICMS, IPI, PIS ou COFINS. Nesses casos, é importante analisar, conforme a característica de cada negócio, se é mais vantajoso continuar no Simples ou se a carga tributária diminuiria caso empresa passasse a tomar os créditos fiscais das suas aquisições.

Além disso, muitas empresas evitam comprar de fornecedores do Simples por não conseguirem os créditos dos impostos. Isso acontece porque as pequenas não fazem o destaque do ICMS e IPI em suas notas fiscais no faturamento. É bom fazer as contas para saber se vale a pena permanecer no Simples ou não devido aos créditos.

<h5>
    <em><strong><br>
    Alexandre Galhardo</strong> é especialista em gestão fiscal-tributária e articulista do site<span style="text-decoration:underline;"> </span><a href="http://www.seuconsultorfiscal.com.br/" target="_blank">www.seuconsultorfiscal.com.br</a>. <em><br>
    <br>
    Envie suas dúvidas sobre impostos para <strong><a href="mailto:examecanalpme@abril.com.br">examecanalpme@abril.com.br</a></strong>.</em></em>

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.