Yahoo! anuncia demissão de 4% do seu pessoal para controlar despesas

Medida é vista como um esforço para impulsionar as finanças do portal de internet

Nova York - O portal de internet Yahoo! anunciou que demitirá 600 empregados, o que representa 4% do seu pessoal, em um esforço para impulsionar suas finanças.

"As mudanças de pessoal anunciadas fazem parte de nossa contínua estratégia para posicionar o Yahoo! no melhor lugar possível em crescimento das receitas e aumento dos lucros", indicou a companhia em comunicado que pôs fim aos rumores sobre o futuro do quadro de funcionários.

A empresa, que há alguns anos luta para encontrar a maneira de aumentar suas receitas enquanto vê rivais como Google e Facebook ganharem terreno, indicou, no entanto, que continuará contratando "em nível global para apoiar nossas prioridades".

Esta é a quarta ocasião em três anos que o Yahoo realiza demissões para alavancar seus lucros, depois de a crise econômica ter provocado a redução do número de anunciantes da empresa.

Em seus últimos resultados, anunciados em outubro e relativos ao terceiro trimestre do ano, o Yahoo! superou as expectativas do mercado e obteve lucro líquido de US$ 396 milhões, 113% mais que no mesmo período de 2009, mas ainda assim deixou patentes suas dificuldades em aumentar suas receitas.

Entre julho e setembro, a empresa registrou uma alta mínima em suas receitas, que chegaram a US$ 1,601 bilhão, apenas 2% mais que no mesmo trimestre de 2009.

Em 2008, o Yahoo! rejeitou uma oferta de compra da Microsoft de US$ 44,6 bilhões, valor considerado insuficiente pela companhia.

Segundo um forte rumor alimento pela imprensa dos EUA, o grupo de internet AOL estaria tentando a fusão de suas operações com o Yahoo!.

As ações da empresa tiveram queda de 0,4% nesta terça-feira, fechando a US$ 16,63 na Nasdaq, onde acumulam perda de 0,89% durante o ano. EFE

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.