Votorantim doará R$ 50 milhões para compra de kits de teste e respiradores

A intenção é que parte do dinheiro seja direcionada a cidades de pequeno e médio portes para se antecipar à disseminação da pandemia pelo interior do país

A Votorantim entra na luta contra o avanço do coronavírus e seus efeitos no Brasil. O grupo que atua em diversas áreas como siderurgia, finanças e energia vai doar, por meio do Instituto Votorantim, 50 milhões de reais às autoridades públicas, instituições de saúde e entidades privadas da sociedade civil para compra de itens como kits de teste, respiradores e demais equipamentos essenciais. As iniciativas terão apoio técnico e médico da Beneficência Portuguesa de São Paulo.

A cifra corresponde a um investimento adicional ao montante que é doado anualmente pelas empresas do grupo. A intenção é que parte do dinheiro seja direcionada a cidades de pequeno e médio portes, que serão priorizadas de acordo com a vulnerabilidade dos municípios. O objetivo é se antecipar à disseminação da pandemia pelo interior do país.

Além da doação, boa parte dos 300 projetos conduzidos pelo instituto e pelas empresas do grupo será redirecionada, dentro de suas áreas de execução, para o combate à covid-19. Em um primeiro momento, o foco será identificar as necessidades dos municípios mais vulneráveis e com faixa etária mais elevada para desenvolver projetos de prevenção e de assistência à população. Nesse sentido, serão distribuídos itens de higiene e de subsistência, além da doação de equipamentos de segurança para profissionais de saúde.

“Com essas ações, a Votorantim reafirma seu papel de empresa cidadã comprometida com o país e os brasileiros. O desafio de enfrentar os efeitos da covid-19 é enorme, mas a Votorantim reforça a crença de que, com a união de esforços de poder público, empresas e sociedade civil, trabalhando de forma coordenada e em sintonia, esta crise de saúde será superada”, diz a empresa, em nota.

As últimas notícias da pandemia do novo coronavírus:

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.